Qual a diferença entre infarto e parada cardíaca? | Melhor Amiga

 
 

Confiança acima de tudo

 


Qual a diferença entre infarto e parada cardíaca?

Postado em 27 de julho de 2009 por sagostinho em Saúde

infartoA parada cardíaca ocorre quando o coração pára de bater ou quando seus batimentos diminuem significativamente. O infarto é uma das causas da parada cardíaca. Insuficiência cardíaca em fase terminal, embolia pulmonar e arritmia cardíaca congênita também podem ocasionar uma parada cardíaca.

Segundo José Carlos Nicolau, cardiologista do Instituto do Coração (InCor), o infarto é a causa mais comum de parada cardíaca. “Além de fazer com que o sangue circule pelo corpo, o coração também precisa de sangue para o próprio funcionamento. Quando há obstrução de um vaso que alimenta o órgão, a região relacionada a esse vaso pode morrer. Isso é o infarto do miocárdio (do coração)”, explica. O infarto tem tamanho e consequências variáveis – esta depende do tamanho do vaso obstruído e de quanto tempo a pessoa esperou para ser socorrida.

Sabia que dos 3.439 infartados atendidos no InCor, nos últimos dez anos, 479 tinham 50 anos ou menos? Quando uma pessoa sofre de parada cardíaca, é fundamental cuidar dela rapidamente. “Em alguns casos, é possível reverter o quadro “, afirma o médico. Na dúvida, corra para o hospital.

O risco de infarto nas Mulheres

Nas mulheres, o infarto costuma ser mais fatal que nos homens. Os fatores podem ser hormonais, que tornam a parede do músculo cardíaco mais fina necrosando com maior facilidade.

Há algum tempo atrás, infarto era coisa para homem. Mas, as coisas mudaram, e a cada dia que passa o número de mulheres infartadas é cada vez maior. As razões são inúmeras, a primeira delas é o fumo, que aumentou sensivelmente entre o público feminino.

A segunda razão é que nos dias de hoje a mulher participa como o homem na vida profissional competitiva. Além dela ganhar um espaço no mercado de trabalho, também ganhou hipertensão arterial, stress emocional e obesidade.

As pílulas anticoncepcionais, que mexem com todo o sistema circulatório, são outro fator. Quando é associado ao fumo, aumenta em dez vezes a chance da mulher infartar.

O outro motivo está na alimentação que está cada vez mais rica em gordura.

Como evitar o Infarto

Evite alimentos gordurosos e ricos em colesterol.

Pare de fumar. O cigarro aumenta a pressão e favorece a formação de placas de ateroma e aumenta a freqüência cardíaca.

Se você é fumante e não consegue parar evite as pílulas anticoncepcionais.

Use sal com moderação

Faça exercícios regularmente, sob orientação médica e após teste de esforço. Lembre-se que caminhar é melhor que correr.

Consuma álcool com moderação.

Modifique seus hábitos, evitando situações de stress.

Depois dos 35 anos ou conforme orientação médica, faça uma dosagem anual de colesterol.

Se for diabético, redobre os cuidados com o infarto.

[Xis-Xis]


  • elen cristina

    tenho muitas palpitaçoes,somente a noite quando vou deitar,fiz um raiox do torax mais nao ficou pronto!estou muito preocupada,por favor me ajude!!!