O bebê na barriga | Melhor Amiga

 
 

Confiança acima de tudo

 


O bebê na barriga

Postado em 24 de agosto de 2009 por sagostinho em Gravidez e Bebê

mulher gravidaSaiba que, dentro de sua barriga, o bebê se mexe, engole e inala líquido amniótico, faz pipi, tem soluço, dorme, sonha, abre e fecha os olhinhos, boceja, chupa o dedo e brinca com o cordão umbilical, entre outras coisas. É, isto é verdade sim! Seu útero é o mundinho dele. É tudo o que existe para ele.

Uma das sensações mais gostosas é quando o bebê se mexe. Na primeira gravidez demora mais para perceber seus movimentos, pois você ainda não vai saber identificar muito bem. Pode também confundir eventuais movimentos intestinais seus com os movimentos do bebê. Mas lá pelo quarto mês você já vai saber. E aí é uma curtição! Mas saiba que o feto se mexe desde o mais tenro início da gestação.

Conforme o bebê cresce, seus movimentos vão ficando mais notórios. Você verá muitas vezes a barriga “pulando”. Um chute aqui, um soquinho alí. É muito engraçado! Quando ele resolve se revirar todo é uma piada. É inacreditável, e maravilhoso, como pode ter alguém tão vivo alí, se mexendo tanto, bem dentro de você… É o milagre da vida. E pode estar certa, ele já tem suas preferências, suas vontades, já protesta se for preciso… É o máximo!

O pequeno “ginasta”

É muito comum que o bebê aproveite quando você está deitada ou recostada, para fazer uma de suas sessões de exercícios. Estas sessões são fundamentais para o desenvolvimento psicomotor do pequeno. Portanto, curta o “treinamento” delezinho, incentive-o e converse com ele.

As contrações

Outra coisa muito comum são as contrações uterinas durante a gravidez. É! Você terá contrações desde o mais tenro início da gestação. No princípio você nem sente, mas conforme a barriga vai crescendo, elas vão ficando mais explícitas.

O bebê também sente as contrações que você tem durante toda a gravidez, e se acostuma a elas.

Estas contrações são absolutamente normais e não doem nada. Quando a contração ocorre, você sente sua barriga, ou parte dela, enrijecer-se. Ela fica rígida durante vários segundos. Depois volta ao normal. Estas contrações são importantes pois seu útero está crescendo, se dilatando e se preparando lentamente para o parto.

Se, eventualmente, uma ou outra contração incomodá-la ou demorar um pouco a terminar, dê uma parada no que você está fazendo. Sente-se, respire um pouco, tranqüilize-se. Logo passa. Se não incomodá-la, então continue fazendo tudo normalmente. O importante é você respeitar o seu corpo e o bebê. Sempre! Não force nada, nunca!

Durante a gravidez, nunca queira ir até o fim dos seus limites físicos e mentais. Nunca esgote suas reservas. Você precisa delas. Preserve-as!

Existem bons livros que descrevem, passo a passo, o desenvolvimento do bebê no útero.

Música e dança

Música é alegria. Após o quarto mês de gestação, o bebê já está apto a ouvir os sons externos.

Por isso, coloque música para elezinho escutar: ele vai gostar. Mas por favor, não vai colocar heavy metal, que vai ferir os ouvidinhos e a sensibilidade acústica do bebê! Coloque músicas que não sejam agressivas.

Ritmo é muito bom. Dance, se quiser, pois é bom para você e agradável para o bebê. Dançar também libera endorfina, deixando você e o bebê bem alegres.

Agora você vai rir… parece piada mas tem fundamento: em música clássica, os bebês preferem Mozart e Vivaldi a Beethoven e Wagner, por exemplo. Os dois últimos tendem a melodias mais dramáticos e pesadas, enquanto que os primeiros oferecem melodias mais alegres e leves. Algumas valsas de Strauss também são legais. Experimente!

[baby site]