Você está aqui
Home > Beleza > Ampolas capilares: modo de usar

Ampolas capilares: modo de usar

Fallback Image

ampolasElas estão por toda parte: nas farmácias, nas perfumarias, nos supermercados e até mesmo no armário da sua tia!

Pois é, cara leitora, você leu bem; são imensas as chances de sua tia ter uma ampolinha guardada em casa. Bom, pergunte para ela. No mínimo ela dirá que, pelo menos alguma vez na vida, já usou algum flaconete colorido nos cabelos.

Por serem, na grande parte das vezes, baratinhas e facilmente encontradas, as ampolas caíram no gosto popular e dificilmente alguém nunca usou uma delas. Mas, cá entre nós, como a gente aplica a ampola nos fios?

Resposta da ponta da língua, certo? Basta misturar no xampu, no condicionador ou na máscara e ser feliz! Errado! O grande segredo para você conseguir o resultado prometido e tão desejado é saber o que indica o fabricante. Siga sempre as instruções! Caso elas não venham estampadas na embalagem, entre em contato com o SAC da empresa e pergunte!

A não ser que o fabricante deixe claro, você nunca deve misturar a ampola com outro produto sob o risco de, sem querer, acabar misturando ingredientes incompatíveis. Normalmente, o correto é usar a ampola pura nos cabelos limpos e úmidos, deixar agir por 5 minutos e enxaguar. Se quiser, você pode aplicar um pouco de condicionador depois. Não se esqueça de massagear bem após aplicar a ampola em todo o comprimento do cabelo, enluvando os fios, como se você estivesse alisando uma corda.

Mas lembre-se que o procedimento correto vai depender do tipo da ampola, que pode ser de hidratação, de vitamina, pós-coloração, pós-química, reconstrutora ou sem enxágüe. Por isso, vale o reforço: descubra o que o fabricante diz sobre o modo de usar!

Quando apostar na ampola?

Basicamente, o grande lance das ampolinhas é repor nutrientes de forma rápida e eficiente. O produto, que costuma vir em dose única, é bem concentrado e age de forma positiva em todos os tipos de fios, dos virgens aos quimicamente tratados, mesmo nos oleosos. Você só precisa ficar de olho se o conteúdo da ampola é oleoso. Neste caso, não use na raiz.

A periodicidade varia de acordo com o tipo do tratamento. As ampolas de hidratação e de vitaminas podem ser usadas semanalmente. Ampolas pós-coloração e pós-químicas deve ser utilizadas depois desses procedimentos. As reconstrutoras vão bem a cada 15 dias.

Como escolher?

Escolha sua ampola de acordo com a necessidade do seu cabelo e com o dinheiro disponível. Lembre-se de que nem sempre a mais cara será a melhor para você. De nada adianta apostar numa super ampola de hidratação se o seu cabelo está precisando mesmo é de uma reconstrução.

www.elinda.com.br

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: