Saiba como podar suas plantas | Melhor Amiga

 
 

Confiança acima de tudo

 


Saiba como podar suas plantas

Postado em 12 de novembro de 2009 por sagostinho em Casa

jardim1Dois paisagistas explicam a maneira correta e a hora adequada de podar diferentes espécies.

Ter plantas em casa é uma delícia, mas é preciso saber quais são os cuidados necessários para cada espécie. Um deles é a forma de fazer a poda, para que cresçam mais belas e vigorosas. O paisagista Rodrigo Oliveira, de São Paulo, sugere que a poda de um jardim seja feita após a florada de cada arbusto ornamental.

“Todo arbusto dá flor no ramo que cresceu naquele ano, ou seja, se podarmos antes da florada, corre-se o risco de se perder a flor que daria naquele ramo. Isso acontece muito com as primaveras. Como crescem muito, as pessoas vivem podando e acabam reclamando que elas nunca dão flor”, explica Rodrigo.

“É importante levar em consideração a época de floração da espécie, pois se a poda for feita antes da florada, perdem-se as gemas florais. Então, uma dica segura é sempre podar após a florada”, reforça a paisagista Maricy Pissinatti.

Rodrigo diz que existem diferentes tipos de poda. “Pode ser para dar forma à planta, seja para manter uma árvore reta e com a copa uniforme ou para fazer um arbusto em formato de cerca viva. Ou para fazer a limpeza, retirando galhos secos e doentes. Isso serve para melhorar o estado fitossanitário da planta. Cada uma exige determinada técnica e deve ser orientada por um profissional”, afirma.

No ponto certo

Mas, de forma geral, o paisagista diz que a poda deve ser feita sempre após o último broto ou nó dos galhos. “São os toquinhos secos de árvores e arbustos mal podados que acabam servindo como porta de entrada para insetos e fungos. E é a folhinha nova que vai brotar acima dessa poda que puxará a seiva”.

Já a hora certa de fazer a poda pode variar segundo as necessidades da planta e o que se quer para ela. Assim, se o objetivo é mantê-la com a forma de arbusto, é preciso podá-la na medida de seu crescimento. Mas, se apresentar alguma doença, deve-se fazer uma poda de limpeza.

“Se uma planta cresce muito a ponto de atrapalhar o caminho, deve ser podada. Se estiver com galhos secos, folhas amarelas e aspecto feio, nada mais revigorante do que uma poda para que ela brote mais saudável”, diz Maricy.

Quanto à época do ano mais indicada, Rodrigo diz que o inverno é ideal para podas de limpeza. “As plantas estão em dormência e não perdem muita água com os cortes. Depois, já começam a brotar nos galhos sadios, com a chegada da primavera”.

Ferramenta ideal

Existem várias marcas e tipos de tesoura para poda. “O importante é que esteja sempre bem amolada e adequada para a espessura do galho que se deseja podar”, avisa Rodrigo. Maricy explica que, de fato, é preciso utilizar uma ferramenta apropriada, pois uma tesoura normal pode mastigar e danificar o galho.

Quanto ao ângulo do corte, recomenda-se o chamado bisel, feito na diagonal para não acumular água, evitando a proliferação de fungos e doenças. “Mas a poda também pode ser feita com a própria mão, caso seja preciso arrancar folhas amarelas, comidas por lagartas”, explica Maricy.

Por fim, vale lembrar que, segundo Rodrigo, a poda se torna dispensável se a planta estiver em um local adequado, com espaço suficiente para crescer. “Se estiver saudável, não há problema algum em não podar. Mas se estiver plantada em uma área sem essas condições, poderá entortar em busca da luz, podendo adoecer”, orienta.

Na opinião de Maricy, toda planta precisa de, pelo menos, uma poda de limpeza e arejamento: “Faz bem, fica revigorada e, assim, brotará de novo com mais saúde e um bom aspecto”.

[IG]