Você está aqui
Home > Sem categoria > Mulheres conectadas também devem estar antenadas

Mulheres conectadas também devem estar antenadas

Fallback Image

Segundo um levantamento feito pelo instituto de pesquisa Sophia Mind, as mulheres estão dedicando mais tempo à internet do que à televisão: 39 horas semanais online frente a 21 horas ligadas à caixa mágica.

Essa é uma das muitas pesquisas que revelam que nos últimos anos o sexo feminino está desbravando os mares da internet – mas essas águas são profundas e podem esconder muitos perigos. Mariano Sumrell, diretor de marketing da Winco, distribuidora oficial da AVG no Brasil, alerta para os perigos que podem ser encontrados durante a navegação e dá dicas preciosas de como ficar conectada com segurança.

1. Pense antes de clicar – Utilize uma ferramenta que verifique cada link clicado, bloqueando a entrada em páginas infectadas. O AVG Linkscanner tem justamente essa função, é gratuito e funciona com qualquer antivírus. Não esqueça também de manter sempre esse antivírus atualizado.

2. Senhas – As senhas devem ser trocadas no mínimo a cada seis meses. Evite combinações simples como nomes, palavras, datas de nascimento e não a repita em muitos locais diferentes. “Hoje a vida pessoal dos usuários está muito exposta em sites de relacionamento e outras ferramentas sociais, sendo fácil descobrir informações pessoais. Todo cuidado é pouco”, alerta Sumrell.

3. Anexos – Além de instalar uma solução de segurança de boa reputação e mantê-la atualizada, um lembrete importante vem da agência governamental americana CERT. Muitos vírus podem falsificar o endereço de retorno de um e-mail, fazendo parecer que a mensagem veio de alguém. Se você conhece o endereço de retorno, mas não estava esperando a mensagem, verifique com a pessoa que supostamente enviou a mensagem para se certificar de que é legítimo antes de abrir qualquer anexo.

4. Comprando online – Quando comprar on-line crie uma conta de e-mail separada apenas para esse fim – de preferência usando uma senha única e diferente de qualquer outra conta que você tenha. Mantenha registros de suas compras on-line, como as páginas de confirmação da compra e outras comunicações com a loja eletrônica.

Busque sempre referências da loja onde fizer as compras e verifique se esse site é seguro e possui as letras “https” na URL quando estiver na etapa final do processo de compra. O “s” é um fator que garante a segurança. Outro fator que também atesta segurança é a presença de um ícone de um cadeado fechado presente no navegador, na barra de endereço ou no canto inferior direito.

5. Twitter, Orkut, Facebook e outras redes sociais – É fácil escrever sobre onde você está e o que está fazendo, mas você sabe quem está acessando sua página? A menos que essas informações estejam protegidas, todos poderão ler o conteúdo – e os fraudadores podem usar estas informações de muitas formas. Não seja tão confiante – você nunca pode ter certeza que quem faz parte de sua rede diz ser o que é. Seja seletivo e procure fazer uma busca antes de aceitar qualquer perfil.

Cuidado com atividades suspeitas. Se começar a receber mensagens estranhas de seus amigos, vale a pena checar se sua conta – e dos seus amigos – não está comprometida. Se tiver algum aplicativo instalado no celular, seja cuidadoso com quem pode ter acesso e certifique-se que não está logado ao entregar o telefone a outra pessoa.

6. Transações bancárias – Em primeiro lugar, qualquer tipo de transação bancária não deve ser realizada em computadores públicos. E ao entrar no site do banco verifique se ele é seguro e possui as letras “https” na URL quando estiver na etapa final do processo de compra. O “s” é um fator que garante a segurança. Outro fator que também atesta segurança é a presença de um ícone de um cadeado fechado presente no navegador, na barra de endereço ou no canto inferior direito.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: