Os movimentos do bebê na gravidez | Melhor Amiga

 
 

Confiança acima de tudo

 


Os movimentos do bebê na gravidez

Postado em 29 de agosto de 2010 por sagostinho em Gravidez e Bebê

A primeira vez que você sentir o bebê será um marco na sua gravidez. E depois aqueles movimentos tão levinhos viram chutes vigorosos, ótimos para mostrar que tudo vai bem dentro da sua barriga.

Se esta é sua primeira gravidez, talvez demore um pouco mais para você perceber os movimentos do bebê, porque é uma sensação totalmente nova — algumas mulheres a descrevem como uma cosquinha bem de leve, por dentro, como uma borboleta batendo asas.

No caso de primeira gravidez, você provavelmente sentirá os primeiros movimentos entre 18 e 20 semanas. Quem não é marinheira de primeira viagem e já conhece a sensação costuma senti-la pela primeira vez entre 15 e 18 semanas. Relata Baby center.

Para tentar sentir, você pode comer alguma coisa e se deitar de barriga para cima, bem parada, prestando atenção. Talvez a sensação apareça.

O que o bebê fica fazendo lá dentro?

Depois dos primeiros movimentos, que parecem asinhas de borboleta batendo, o mexe-mexe fica mais intenso e mais frequente. Conforme o bebê vai crescendo, a sensação muda, e você começa a sentir trancos e chutes, que vão ficando cada vez mais fortes.

O bebê não se mexe o tempo inteiro porque, como todo mundo, tem horas em que ele só quer mesmo é descansar e dormir. Os bebês dormem dentro do útero por períodos de cerca de 40 minutos. Pode parecer mais, porque você não sente todos os movimentos dele.

Veja a seguir um esquema do que esperar durante a gravidez em relação aos movimentos.

De 20 a 24 semanas

A atividade do bebê vai aumentando. A partir de agora, e nas próximas dez semanas, o bebê terá um período bem agitado, com muitos chutes e cambalhotas.

De 24 a 28 semanas

Seu bebê pode começar a ter soluços, que vão explicar os pulinhos que você vai sentir de vez em quando. O saco amniótico contém cerca de 750 ml de líquido nessa fase, o que permite ao bebê se movimentar bastante. Ele consegue ouvir, por isso você pode perceber que ele dá um salto com barulhos fortes.

De 29 a 35 semanas

Seu bebê vai começar a fazer movimentos um pouco menos bruscos, mais limitados pelas paredes da sua barriga. O nível de atividade chega ao auge, e você vai perceber um aumento na frequência e no tipo de movimento conforme ele vai ficando maior e mais forte.

De 36 a 40 semanas

O bebê vai assumir sua posição definitiva no útero, normalmente de cabeça para baixo, e os músculos do seu útero e do seu abdome vão ajudá-lo a ficar no lugar, se for a sua primeira gravidez. Se você já ficou grávida antes, seus músculos não serão tão firmes e o bebê pode ficar mudando de posição até a data do parto.

Os principais movimentos que você vai sentir são cotoveladas, chutes e joelhadas — às vezes dolorosos, quando acertam suas costelas.

Seu bebê vai crescendo e as cambalhotas vão ficando menos frequentes. Se ele estiver chupando o dedo e por acaso o dedo escapar da boca dele, você pode sentir movimentos rápidos da cabecinha virando de um lado para o outro em busca do dedo perdido. Nas últimas duas semanas da gravidez, os movimentos diminuem um pouco, junto com o ritmo de crescimento do bebê. Isso é absolutamente normal.

Movimentos e posição do bebê no final da gravidez

Nas últimas semanas da gestação, o bebê vai estar aninhado na sua pelve, pronto para nascer. A cabeça do bebê pode parecer um melão pressionando seus músculos pélvicos, o que torna difícil o simples ato de se sentar.

Pode ser que você sinta que o bebê encaixou, ou que a barriga “desceu”, aliviando a pressão na parte superior do abdome, perto do tórax. Talvez fique mais fácil respirar ou comer, já que seus pulmões e seu estômago estarão menos espremidos.

Nessa fase da gravidez, você vai sentir menos o bebê mexendo o corpo inteiro, mas mais chutes insistentes, na costela ou dos lados, dependendo da posição. Se sua parede abdominal ficar bem fina, às vezes dá até para distinguir o pé do bebê.

De vez em quando, você vai perceber que o bebê está dormindo, e de vez em quando ele fica bem agitado — com frequência à noite, quando você está na cama tentando dormir!

Quantos chutes devo sentir por dia?

Quando você estiver atarefada, não vai prestar tanta atenção nos movimentos. É mais provável que você os perceba quando arranjar tempo para sentar e descansar.

Estudos da atividade fetal mostram que cada bebê tem seu próprio ritmo de acordar e dormir dentro do útero — não há uma quantidade preestabelecida de chutes –, mas no final da gravidez você já deve estar acostumada com o ritmo dele.

Ainda não senti meu bebê mexer hoje. Devo ficar preocupada?

Se você estava envolvida com outras coisas, talvez não tenha percebido o movimento. Mas, para se tranquilizar, veja abaixo alguns truques para fazer seu bebê se mexer:

• Deite de lado (com uma almofada ou travesseiro debaixo da barriga) e fique parada

• Coloque as pernas para cima e relaxe

• Toque música

• Coma alguma coisa doce

Feito tudo isso, se em duas horas você não sentir absolutamente nenhum movimento, procure o obstetra.

Não faz muito tempo, os médicos orientavam as mulheres a fazer uma tabela monitorando o número de chutes, até chegar a dez. Mas esse tipo de monitoramento não costuma ser usado mais, porque causava preocupação desnecessária às mulheres.

O preferível é confiar nos seus instintos: se você acha que há motivo para estar preocupada, tente falar com o médico. Um exame rápido pode tranquilizá-la.