Você está aqui
Home > Qualidade de Vida > Cuidar de plantas é uma ótima terapia

Cuidar de plantas é uma ótima terapia

Fallback Image

Uma atividade lúdica, como cuidar de hortas, pode ser o momento de se “desligar”, relaxar

Sabia que cuidar de uma horta em casa pode ser uma atividade terapeutica? A psicóloga e Mestre em Análise do Comportamento Denise de Lima Oliveira diz que a atividade de cultivar plantas em casa, apesar de não substituir a terapia com um profissional, pode auxiliar no desenvolvimento de habilidades fundamentais em pessoas, principalmente nos dias atuais, que estão o tempo todo correndo atrás de alguma coisa, sob intensa pressão, tendo que responder a demandas cada vez mais estressantes e que produzem um nível de ansiedade muito alto e prejudicial, afetando, por exemplo, a capacidade de concentração. Relata o site Patricia Magrini.

“Hoje é muito comum as pessoas terem dificuldade em se envolver em atividades que não produzem recursos palpáveis ou, melhor dizendo, que não agregam valor de mercado (financeiro) às suas vidas e para a sociedade. Estamos num período em que o ócio e as atividades lúdicas são consideradas perda de tempo, pois temos que, o tempo todo, estar produzindo algo “útil” social e economicamente”, comenta Denise. No entanto, esse tipo de ambiente é propício ao desenvolvimento do que ela costuma chamar de transtornos da atualidade, tais como fobias, pânico, ansiedade generalizada e depressão. Ela cita, como exemplo, que 3,5% da população de São Paulo foi diagnosticada com Fobia Social.

Mas esse não é o caso de Ruth Scharony Berro, mãe de três filhos e casada há 25 anos. Ela, apesar de morar em apartamento, cultiva manjericão, hortelã, alecrim, óregano entre outras hortaliças. “Apesar do pouco espaço que tenho no apartamento é gratificante poder colher o que eu mesma plantei, seja na floreira da janela ou num pequeno vasinho”. Ruth também aproveita o que vem da feira e planta as raízes de rúcula e cebolinha que brotam, são colhidas e consumidas. “ Isso é um prazer para mim”, conta. Ela também procura incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo. “Tudo o que faço, procuro incluir na educação dos meus filhos, portanto, é um incentivo para que eles também façam o mesmo um dia. Aliás, eles bem que já gostam de retirar cebolinhas e manjericão da horta caseira para alguma saladinha”, observa.

Chega de ansiedade

Cuidar de plantas auxilia no desenvolvimento de várias habilidades, como a concentração, e pode fazer com que a pessoa sinta-se melhor e mais tranquila. Denise explica que para o cultivo de plantas, a pessoa precisa estar com a atenção concentrada na atividade, precisa ser paciente e, além disso, precisa estar relaxada. Esses estados são concorrentes ao estado de ansiedade que as pessoas permanecem nas atividades do dia-a-dia. “Concorrente, porque é impossível ficar relaxado e em estado de ansiedade ao mesmo tempo. Desta forma, a pessoa que pratica uma atividade lúdica, como cuidar de plantas, pode estar menos propensa a desenvolver algum tipo de transtorno de ansiedade”.

Para aquelas que já tem algum transtorno desenvolvido, essas atividades auxiliam na diminuição das crises, pois a pessoa será submetida a comportamentos de relaxamento, atenção, concentração, calma, etc, todos opostos aos comportamentos ansiosos.

“É evidente que isso não ocorrerá com apenas poucas exposições à atividade. Na verdade, esses resultados serão possíveis se a pessoa praticar a atividade com uma frequência regular. Não existe efeito milagroso e imediato, é necessário constância”, esclarece.

Que tal botar a criançada para mexer na terra?

Crianças hiperativas, com dificuldade de concentração, que não seguem instruções, não terminam as atividades, com dificuldade em organizar tarefas e permanecer quietas em determinado lugar, para essas crianças, uma atividade lúdica, como fazer hortas, auxilia muito no desenvolvimento da atenção e diminuição de alguns excessos comportamentais, como a agitação de mãos e pés.

Bom, ter hortaliças fresquinhas, alimentação saudável, ansiedade zero e crianças tranquilas é uma ótima combinação, não é?

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: