Você está aqui
Home > Entretenimento > Ivete Sangalo fez show histórico em Nova Iorque

Ivete Sangalo fez show histórico em Nova Iorque

Fallback Image

Foram meses de planejamento e muito trabalho, mas o que se viu essa noite no Madison Square Garden valeu cada minuto. Ivete Sangalo fez um show histórico, levando 15 mil pessoas ao delírio com sua música eletrizante. O público cantou, dançou e se emocionou durante as 2 horas e meia que durou o espetáculo.

O show de gravação do DVD “Multishow ao Vivo – Ivete Sangalo no Madison Square Garden”, produzido pela Caco de Telha Entretenimento, em parceria com a Metropolitan Talent Presentes, e que levará o selo Universal, Caco Music e Multishow, teve um pouco de tudo. Músicas inéditas, grandes sucessos de sua carreira, convidados pra lá de especiais, um cenário de tirar o fôlego e um figurino magnífico. Ivete se emocionou muitas vezes, encantada com a receptividade de brasileiros e americanos que lotaram a emblemática arena.

No camarote da TAM, patrocinadora exclusiva do evento, celebridades e vips animavam a festa, como Ana Maria Braga, Zezé di Camargo, Roberto Justos e Ticiane Pinheiro, Nizan Guanaes, Bruno de Lucca e Leonardo Miggiorin, dentre outros.

Logo na abertura, Ivete saudou o público cantando Brasileiro, que levou a multidão a vibrar e repetir o refrão, “eu sou brasileiro”. Aceleraê foi a música seguinte, que também tirou a galera do chão. Em Desejo de Amar, Ivete e seus bailarinos brincaram na esteira elétrica instalada na grande passarela que ligava o palco principal a um palco menor.

O primeiro convidado da noite foi Juanes, com quem Ivete cantou em português e espanhol a canção inédita “Dar-te”. Um dos momentos de destaque foi a interpretação de “Humane Nature”, de Michael Jackson. Magnífica, em um longo vestido dourado, Ivete brilhou no palco do The Garden. Nessa hora, a cantora agradeceu ao público e levada pela intensidade do momento, chorou emocionada.

Logo depois foi a vez do suingue de Seu Jorge tomar conta dos presentes. Com o carioca, Ivete cantou a também inédita “Pensando em nós dois”, e o público literalmente balançou a estrutura do Madison Square Garden. A próxima convidada foi a canadense Nelly Furtado. Juntas, cantaram em inglês a inédita “Where it Begins”, composta pelas duas artistas.

Um dos pontos altos do show foi o momento apelidado de “O presente”. Um cilindro de tecido desceu ao palco, e nele foram projetadas imagens de um clipping de Ivete cantando a música “Meu maior presente”. Ao final da canção, o cilindro foi içado, revelando uma grande caixa de presente. Acordes fizeram suspense, e após alguns minutos, a caixa foi novamente erguida, e no lugar, surgiu Ivete sentada em um piano de caldas, tocando e cantando a música “Easy”, de Lionel Richie. O sucesso “Agora eu já sei”, do DVD Pode Entrar, foi a música escolhida por Ivete para o dueto com o argentino Diego Torres, cantada em espanhol e português.

A última parte do show foi uma sequência de grandes sucessos, em ritmo acelerado, que fizeram o público pular e dançar. Em um encerramento apoteótico, Ivete deixou o palco voando pendurada em balões, finalizando a gravação do DVD. O público inconformado clamava por um bis, que não estava previsto. Mas para surpresa de todos, a cantora retornou ao palco, convidando alguns artistas baianos presentes na plateia, como o cantor Netinho e a cantora Margareth Menezes, e juntos relembraram velhos sucessos do carnaval baiano. Depois foi a vez de Preta Gil e Seu Jorge se unirem ao grupo. Emocionada por esse grande momento, Ivete convidou sua equipe de produção para subir ao palco, onde todos cantaram e dançaram transformando o evento em uma grande micareta.

Foi realmente uma noite memorável não só para a carreira de Ivete, mas para a história do Madison Square Garden.

Veja o vídeo que mostra partes do show e Ivete passeando em Nova Iorque.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: