O preço da desorganização | Melhor Amiga

 
 

Confiança acima de tudo

 


O preço da desorganização

Postado em 22 de outubro de 2010 por magostinho em Diversos

Você sabia que, cada objeto perdido pode custar até 15 minutos do seu dia? Com base na experiência com seus clientes, a personal organizer Ingrid Lisboa, de São Paulo, fez um cálculo do custo da desordem na vida das pessoas. “As pessoas perdem, no mínimo, esse tempo atrás de algum objeto que não conseguem encontrar.”

Considerando, supostamente, que você ganhe R$ 20 por hora, a desorganização custaria R$ 5 por dia, R$ 35 por semana, R$ 150 por mês e R$ 1.825 por ano. “Não temos costume de levar em conta que nossa hora tem um preço e, ao perder tempo procurando algo, deixamos de fazer outras coisas.” Por isso, na hora de arrumar, ela sugere aliar praticidade, facilidade e economia de tempo – e, consequentemente, de dinheiro, relata o site Portal Vital.

Delegar é fundamental

Pelo menos uma pessoa na casa deve ficar responsável pela organização. Uma dica de Ingrid é deixar um cesto grande na sala ou em algum outro cômodo. “Assim, a pessoa tira o que está fora do lugar da frente, mas não guarda simplesmente em qualquer lugar. Deixa ali naquele canto para depois, com calma, colocar no seu devido espaço.” Dessa forma, segundo ela, além de não desarrumar, não deixa ninguém neurótico o tempo todo para guardar tudo.

O sucesso da empreitada só é garantido se todos os familiares se conscientizarem. Essa é a opinião da personal organizer Vânia Laporte, de Belo Horizonte (MG). “Todos são responsáveis pela ordem na casa”, ressalta.

Quando há crianças, é importante envolvê-las de forma lúdica. “Ensine-as a pegar um brinquedo apenas depois de guardar o outro e estimule-as a brincar de arrumar. É legal elogiar também, falar que o armário está lindo quando elas arrumam”, complementa Ingrid.

As especialistas destacam alguns pontos fundamentais para deixar a casa arrumada no dia a dia:

Descarte tudo o que não usa, não gosta ou não serve.

Planeje o que deve ser feito.

Coloque os itens mais usados em locais de fácil visualização e acesso, entre a altura dos olhos e da cintura.

Separe os objetos de acordo com sua necessidade. No armário das crianças, segmente dessa forma: gavetas para blusas de manga curta, de manga longa, para brinquedos, para coisas da escolinha etc.

As roupas de adultos podem ser separadas por cor.

Sapatos devem ser dispostos em prateleiras.

Na despensa, a divisão pode ser por categorias, como produtos matinais, enlatados etc. E atenção: objetos abertos precisam ser separados dos fechados.

Se for inevitável acumular a louça suja para lavar no dia seguinte, deixe o máximo de coisas dentro da cuba, de molho com água e detergente, para que no outro dia fique mais fácil de lavar.

Foto: Niels Andreas Glogowski


  • ANAMARIA

    Descobri que perdia muito tempo localizando papéis então comprei aquelas caixa=arquivo de papelão e , agora, tudo está guardado mas bem à mão…

    • http://- magostinho

      Ah que ótimo, parabéns, obrigada por deixar seu comentário no site.
      Um abraço
      Equipe Melhor Amiga

  • Paula Arevalo

    Gente, muito boa a dica do cesto na sala. Adorei! Eu sou muito organizada, meu marido é o contrário. Tem dia que me canso de sair pela casa trompando nas coisas que ele deixa fora do lugar. Ele já melhorou muito, não posso reclamar. Mas sempre tem algumas coisas pra organizar. Um grande abraço.

    • http://- magostinho

      Olá Paula tudo bem?
      Continue visitando o nosso site, sempre há novidade útil para seu dia a dia.
      Obrigada,
      Equipe Melhor Amiga

  • Paula Soares33

    Eu tenho problema sério com organização. Por causa da faculdade tenho pastas e mais pastas com textos e materiais diversos.Minha escrivaninha ta sempre cheia. Sem falar no meu armário que não consigo manter em ordem. Durante a semana é uma correria so. Aí chega o fim de semana tento dar uma ordem. Tento…. mas é meio complicado deixar tudo em ordem.