Você está aqui
Home > Noiva e Casamento > Dicas para preparar um casamento sustentável

Dicas para preparar um casamento sustentável

Fallback Image

,center>

Depois dos alimentos, cosméticos e até do carro sustentável, a onda agora é incluir o conceito verde nos casamentos! Essa é mais uma iniciativa que tem tudo a ver com quem quer deixar um planeta melhor para os filhos e netos. “Ser sustentável é pensar em ações ecologicamente corretas, que tenham o menor impacto ambiental possível e cada detalhe pode contribuir para que o casamento siga este conceito”, diz a designer e cerimonialista Milene Szaikowski, proprietária da Tangram Eventos e do blog Noividades.

E se engana quem acha que não é possível fazer um casamento com menos impacto ambiental. Atualmente existem empresas especializadas em produtos sustentáveis para casórios, e outras que simplesmente estão adaptando seus itens para o público que pensa “verde”. Claro que, como toda festa, uma comemoração desse tipo vai dar trabalho, porém o resultado costuma compensar.

O primeiro passo para preparar um casório sustentável é escolher um horário durante o dia, para que seja possível aproveitar a luz natural e economizar energia elétrica. Depois, “na hora de escolher o local, o ideal é fazer a cerimônia e a recepção no mesmo lugar ou em locais próximos, ajudando a reduzir a emissão de gases poluentes provenientes do combustível dos automóveis”, sugere Milene. Aqui, é interessante motivar os convidados a fazerem a carona solidária, para que utilizem menos automóveis.

Como a festa é para agradar ao casal – e não aos muitos parentes e “amigos” que podem se sentir excluídos caso não sejam chamados para o casamento -, pode-se pensar num número menor de convidados. Afinal, como lembra a cerimonialista, “quanto mais convidados, mais comida e bebida serão consumidos, o número de convites e lembranças também será maior e a emissão de gases poluentes aumenta significativamente”.

Resolvidas as primeiras questões, é hora de pensar no convite e em qualquer outro papel que fará parte da festança. Que tal imprimir tudo em papéis reciclados? Além de poupar as árvores, você ainda reforça aos convidados a proposta sustentável de seu evento.

Para deixar o local da cerimônia lindo, a dica é procurar floriculturas que priorizem a produção local e escolher flores da época. “Depois do evento, as flores podem ser doadas para instituições de caridade ou ser transformadas em adubo orgânico. Optar por flores orgânicas, lugares ao ar livre ou substituir as lâmpadas por velas também ajuda a minimizar o impacto. Também é importante reciclar tudo o que sobrar do evento”, ensina.

Para o cardápio, prefira alimentos mais saudáveis, utensílios reciclados e procure um buffet que priorize a sustentabilidade, destinando corretamente o óleo utilizado, por exemplo.

As roupas podem ser o grande desafio de um casamento sustentável. Mas não é tão difícil solucionar esse probleminha. Uma maneira bem simples é reciclar trajes antigos. A noiva pode reformar o vestido usado pela mãe ou avó dela. O noivo também pode deixar um terno ou fraque usado mais atual e usá-lo no grande dia.

Quando for comprar as lembrancinhas, escolha itens que sejam úteis de verdade e que não agridam tanto a natureza: ecobags, pacotinhos com sementes de flores, biscoitos feitos à mão por algum produtor local, pequenos frascos de compota ou mel também oriundos de produtores locais, enfim, use a criatividade.

A carioca “Usual Atelier”, por exemplo, produz ecobags para todos os gostos. “Fabricamos muitas sacolas para festas infantis e casamentos, pois, além de serem muito úteis, podem ser personalizadas com o tema da festa, frases ecológicas, caricaturas dos noivos, nomes, datas etc. E ficam lindas! Algumas levam chinelos, outras brinquedinhos e doces, e ainda tem pessoas que apenas oferecem a sacolinha dobradinha como brinde”, contam as donas, Mônica Gonzalez e Renata Magalhães.

Até as fotos, que ficarão para guardar o casamento na memória, podem ajudar o meio ambiente. O fotógrafo Nilson Versatti, por exemplo, produz álbuns sustentáveis, com fibra de banana, de bambu, pelicas e até com couro de avestruz. “As capas são desenvolvidas por artistas plásticos. Os noivos definem o tipo de material utilizado e, se for um pedido muito diferente, mas possível, fazemos também”, garante. Mesmo com a onda verde, ele lamenta que as fotos ecologicamente corretas ainda não tenham grande aceitação. “As folhas vêm de Paris e são muito caras. Além disso, fotos com fibra de banana são muito sofisticadas e mancham fácil. Precisam ser manuseadas com cuidado e com luvas. É um tipo de trabalho destinado aos amantes da fotografia”, ressalta.

Mesmo que o casal não encontre fornecedores com produtos sustentáveis, nem tudo está perdido. Os pombinhos podem adaptar todo o evento. “A maneira mais fácil de fazer isso acontecer é pensando localmente, escolhendo fornecedores da sua região e itens que sejam da estação (flores, doces, ingredientes)”, ensina Milene. Assim, você estimula o comércio local e também vai evitar prejuízos maiores ao meio ambiente.

Resumindo, o segredo para realizar um casamento sustentável com sucesso é seguir quatro princípios: priorizar produtores locais, escolher fornecedores que também tenham preocupação com o meio ambiente, evitar coisas descartáveis e estimular os convidados no conceito do casamento. Mas é claro que isso não deve tirar o charme desse momento único. “Os noivos podem fazer tudo o que for possível para contribuir com a natureza e ainda dar um toque pessoal para que o casamento tenha a cara do casal”, fala Milene. É só personalizar as lembrancinhas e o ambiente. Assim, o dia vai mesmo ser inesquecível!

[Vila Mulher]

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: