Histerossalpingografia:exame para o diagnóstico da infertilidade | Melhor Amiga

 
 

Confiança acima de tudo

 


Histerossalpingografia:exame para o diagnóstico da infertilidade

Postado em 27 de janeiro de 2011 por sagostinho em Gravidez e Bebê

A histerossalpingografia é um exame realizado por intermédio da injeção de contraste no colo uterino, com o objetivo de opacificar o útero e as trompas uterinas, avaliando, com isso, a arquitetura interna do trato reprodutivo feminino. Pode, portanto, fornecer informações em relação a anormalidades tubárias e uterinas em pacientes com infertilidade primária ou secundária ou que tenha tido abortos recorrentes. Seu baixo custo e seu pequeno risco de complicações ou intercorrências tornam o exame muito utilizado para a avaliação inicial das queixas de infertilidade.

“O exame faz parte da rotina de investigação de infertilidade, o que o torna de grande importância, uma vez que aproximadamente 15% de todos os casais apresentarão infertilidade primária ou secundária, em algum momento de suas vidas reprodutivas”, explica o Prof. Dr. Joji Ueno, diretor do Instituto de Ensino e Pesquisa em Medicina Reprodutiva de São Paulo.

Muitas vezes, os resultados da histerossalpingografia são específicos e podem ser interpretados como causa de infertilidade, o que podemos notar nos diagnósticos de obstrução bilateral de trompas, sinéquias extensas da cavidade uterina, útero uni ou bicorno, hidrossalpinge bilateral e de endometriose tubária severa.

“Em outros casos, os resultados do exame não indicam, com certeza, as causas de infertilidade da paciente, o que ocorre quando são encontrados obstrução tubária unilateral, salpingite ístmica nodosa – endometriose tubária – leve, útero arqueado, dentre outros problemas. Nestes casos, deve-se atribuir a causa da infertilidade aos resultados apontados pelo exame apenas se forem descartadas todas as outras possíveis causas de infertilidade”, explica Joji Ueno.

“No Instituto de Ensino e Pesquisa em Medicina Reprodutiva de São Paulo realizamos regularmente cursos que auxiliam o ginecologista a fazer o diagnóstico preciso das causas da infertilidade feminina. O Curso Propedêutica em Reprodução Humana: Histerossalpingografia é uma oportunidade de atualização para residentes, radiologistas, ginecologistas e especialistas em reprodução humana. Tem eminentemente caráter prático, pois serão apresentados os resultados de diversas histerossalpingografias com o objetivo de discutir os casos clínicos com os participantes do curso. Carmen Navarro, a radiologista que ministrará o curso dedica-se principalmente a realizar este exame. A médica é uma das referências em histerossalpingografia na cidade de São Paulo”, destaca Ueno.

Mais informações sobre o curso no telefone: 11-32895209