O sono durante a gravidez | Melhor Amiga

 
 

Confiança acima de tudo

 


O sono durante a gravidez

Postado em 24 de janeiro de 2011 por sagostinho em Gravidez e Bebê

Durante os três primeiros meses da gravidez, os altos níveis de progesterona causam uma grande sonolência e uma maior duração do sono. Por outro lado, as mulheres também acordam frequentemente de noite para urinar. Entre o quarto e sexto meses, torna-se cada vez mais difícil dormir bem e é nos últimos três meses da gravidez que surgem os maiores distúrbios de sono, uma vez que a azia, as cãibras, o síndroma das pernas irrequietas e o feto, que se torna cada vez maior, podem perturbar grandemente o sono.

O sono também é importante depois da gravidez

Depois do parto, a noite de sono da mãe é perturbada pelo ritmo de sono do bebé, principalmente nos casos em que se amamenta. O ritmo de sono da mãe é construído a partir de períodos de sono bastante curtos, interrompidos para amamentar o bebé, o que provoca sonolência diúrna. Assim, é aconselhável que a mãe tente dormir quando o bebé também está a dormir.

Os quilos acumulados O sono durante a gravidez

Investigadores americanos chegaram à conclusão de que os quilos extra ganhos durante a gravidez podem mais facilmente ser perdidos se se dormir muito! Mas tal parece ser difícil para muitas recém-mães.

Para as mães de um bebé entre os 0 e os 6 meses, que cerca de 5 ou 6 horas a menos dormiam do que a média, era visivelmente mais difícil perder os quilos extra. Dormir duas horas a mais pode já ser o suficiente para, após um ano, ter a antiga figura de volta. O estudo em questão, realizado junto de mais de 900 jovens mães, demonstrou que tal pode acontecer mesmo tendo mais de 5 quilos extra.

Era já sabido que as pessoas que não dormem o suficiente engordam mais facilmente. É necessário dormir, pelo menos, 7 horas por noite, ininterruptamente.

Assim, os investigadores aconselham as mamãs a encontrar formas de, juntamente com o seu bébe, aproveitar melhor o sono.