Evitar a progressão do câncer de mama avançado | Melhor Amiga

 
 

Confiança acima de tudo

 


Evitar a progressão do câncer de mama avançado

Postado em 9 de fevereiro de 2011 por sagostinho em Saúde

O principal desafio no combate ao câncer de mama avançado é evitar a progressão da doença e manter a qualidade de vida das pacientes. Novos estudos apresentados durante o 33º Simpósio Anual de Câncer de Mama em San Antonio, nos Estados Unidos, em dezembro de 2010, mostraram que o tratamento com uma dose de 500 g de fulvestranto apresenta melhor controle da doença em pacientes com câncer de mama localmente avançado ou metastático com receptor hormonal positivo do que o tratamento com o inibidor da aromatase em primeira linha de tratamento.

Os dados são resultados do estudo de fase II chamado FIRST (fIRst line Study comparing endocrine Treatments) que analisou a resposta de ambas as terapias em pacientes na pós menopausa e com a doença localmente avançada ou metastática. Segundo o estudo, as pacientes tratadas com fulvestranto tiveram 34% de redução no risco de progressão da doença em comparação com as tratadas com anastrozol. Mulheres que receberam fulvestranto tiveram em média 10,3 meses a mais sem que a doença progredisse do que as tratadas com anastrozol.

Fulvestranto tem um mecanismo de ação diferente das outras terapias endócrinas. Além de bloquear a ação do estrogênio no seu receptor, a medicação também interrompe a sinalização do hormônio, levando a uma baixa regulação dos receptores no tumor, bem como a uma interrupção na trajetória de evolução do câncer. Com isso, não apenas o crescimento e disseminação do câncer são reduzidos, mas também há uma diminuição no risco de resistência ao tratamento.