Você está aqui
Home > Beleza > Peeling combinado é excelente alternativa para recuperar a pele do rosto

Peeling combinado é excelente alternativa para recuperar a pele do rosto

Fallback Image

Com a chegada do inverno cresce a procura por procedimentos estéticos faciais eficazes para tratar manchas diversas e revitalizar a pele

É só a temperatura cair e o sol se esconder um pouco para as clínicas estéticas ficarem lotadas de mulheres em busca do melhor tratamento facial para combater as manchas deixadas pela Estação passada e rejuvenescer a cútis. De acordo com Lucely Lustre, fisioterapeuta do Centro de Estética Dr. Alan Landecker, a combinação do Peeling de Cristal (mais suave) com o Peeling Químico é uma maneira eficaz e segura para renovar a superfície cutânea, removendo as células mortas, reduzindo a rugas finas e diminuindo os poros dilatados, a oleosidade e a acne. “Há diversos tipos de peeling, sendo que a indicação do tipo mais apropriado para cada caso deve seguir orientação de profissional capacitado e experiente”, explica Lucely.

Peeling de Cristal

É realizado com um aparelho de intensidade controlável que lança sobre a pele micro cristais de óxido de alumínio, e os aspira simultaneamente, promovendo esfoliação. O resultado da abrasão e esfoliação é o estimulo na formação de colágeno, proteína que compõe a pele, sendo responsável pela elasticidade e tônus facial. É considerado um peeling leve e superficial, pois retira apenas a camada córnea da epiderme, provocando reação inflamatória e descamação muito discretas ou até mesmo ausentes. Pode ser realizado em todos os tipos de pele e em qualquer região do corpo e deve ser repetido em média a cada três semanas. São indicadas de 3 a 4 sessões, e deve ser realizado por médicos ou fisioterapeutas.

Peeling Químico

Peeling químico é quando uma substância química, normalmente algum tipo de ácido, é aplicada sobre a pele com a finalidade de estimular uma descamação. Como resultado há uma diminuição suave das rugas, manchas e melhora geral da textura da pele. Um dos produtos utilizados para realizar o peeling químico é o Ácido Retinóico, um composto derivado da Vitamina A. “O Ácido Retinóico, após aplicado na pele, penetra nas células da epiderme e da derme ativando o seu metabolismo. Na epiderme ele causa uma descamação, que melhora a textura e espessura da pele, desobstrui os poros e diminui a oleosidade. Na derme ele ativa os fibroblastos, que são células que atuam na produção de colágeno e elastina, substâncias essenciais na sustentação e elasticidade da pele”, afirma a especialista Lucely Lustre.

Segundo Lucely Lustre, a combinação dos dois processos duplica os resultados positivos no tratamento da acne, das manchas de pele, incluindo o melasma, além de suavizar a oleosidade e as rugas finas.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: