Você está aqui
Home > Relacionamento > E o Lobo Mau aprontou novamente…

E o Lobo Mau aprontou novamente…

Fallback Image

Por Margareth Signorelli

É, aconteceu novamente. Mais uma vez ele não correspondeu as suas expectativas mais profundas. Você sabia que aconteceria novamente: lágrimas, tristeza, abandono, frustração.

Ele lhe procura novamente, arrependido. Quer voltar e até acha a sua parte de culpa no ocorrido dizendo que está confuso porque você o sufoca e ele acaba fazendo “o que não quer”. Mas, como pensar com clareza nesta escuridão?

Em primeiro lugar, você precisa saber aonde quer chegar. Pessoas sempre estarão ao seu lado para lhe mostrar as provas maiores do ocorrido e de muitos outros, o que fará sangrar ainda mais sua ferida. Até que ponto isto ajuda? Na minha opinião, só piora.

Pensamos erroneamente que o que nos faria tomar uma decisão são os fatos, as provas, porque nos dariam mais certeza daquilo que já sabemos. Como sempre na vida, podemos seguir por dois caminhos. Um, é onde nos permitimos saber tudo o que acontece na vida dele e o que está por acontecer, nos deixando ferir ainda mais. Muitas vezes as pessoas que nos querem bem acreditam que nos ajudarão fazendo isso para nos recuperarmos mais rápido. Como se saber cada detalhe apertasse um dispositivo interno que nos faria esquecer e superar a dor. Não, não faz e não ajuda.

Em uma situação como essa, perdemos a referência do que é um relacionamento equilibrado e prazeroso, pois vivemos na energia da insegurança, desconfiança e conflito.

O outro caminho é da clareza de ideias, em que você pensa e repensa o que você quer de alguém, de um relacionamento e onde vocês querem chegar juntos.

A pessoa que você procura é aquela que lhe faz sentir plena, segura, sensual e desejada. Enfim, uma pessoa que você admira, respeita e quer ao seu lado. E o relacionamento almejado é aquele onde o respeito prevalece e que, quando os conflitos aparecerem, podem ser um motivo para um maior conhecimento mútuo. Uma relação onde o futuro que vocês criarão juntos tenha como objetivo olhar para o mesmo horizonte de sonhos e realizações que só serão possíveis com essa união.

Para sairmos da escuridão precisamos saber que ninguém vai nos ajudar a levantar senão nós mesmos. O melhor começo é respeitar a si próprio colocando barreiras e limites nas pessoas e deixando claro que não lhe importa a vida passada, presente ou futura do outro. O que importa são seus próprios sentimentos que tem que ser respeitados e preservados, e isto tem que partir de você.

Só conseguir ver as coisas com clareza é que vai lhe ajudar a superar o coração duvidoso e partido e mostrar realmente o que relacionamento tão sonhado vai lhe r. Não pode vir dos fatos externos, mas sim dos desejos mais internos e profundos do que realmente lhe trará a felicidade.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: