Você está aqui
Home > Atividade Fisica > Atividade Física pode retardar o envelhecimento: descubra os motivos

Atividade Física pode retardar o envelhecimento: descubra os motivos

Fallback Image

Você deve está cansada de saber que os exercícios físicos proporcionam uma série de benefícios para o corpo e a mente, não é? Para a surpresa de alguns, os exercícios físicos tem um efeito antienvelhecimento das células, proporcionando longevidade e uma qualidade de vida melhor para quem pratica. A partir dos 25 anos de idade, é natural iniciar processo de envelhecimento da pele. A exposição aos raios solares, vento, poluição, agentes químicos podem desencadear o envelhecimento precoce da pele.

De acordo com o dermatologista, Anderson Bertolini (CRM-107676), Médico e Diretor da Clínica Bertolini, as principais características do envelhecimento são alteração na textura e cor da pele, surgimento de rugas, sulcos e a flacidez.

“Durante o processo de envelhecimento, a pele sofre diminuição de suas camadas. O número de células que se descamam da pele começam a diminuir em função da alteração da renovação celular. Essa redução da produção hormonal provoca o ressecamento da pele”, explica o dermatologista.

Sinais do envelhecimento

Para entendermos melhor como funciona o processo natural do envelhecimento, o dermatologista, Dr. Anderson Bertolini explica como será a nossa pele em cada fase da vida:

A pele com 20 anos

Começam a aparecer os primeiros sinais do tempo. Surge o aparecimento de marcas muito finas, principalmente ao redor dos olhos e da boca. Nessa faixa etária, é comum a ocorrência de peles com graus de oleosidade e acne.

30 anos

As primeiras rugas começam ser notada. “As fibras de elastina começam a sofrer alterações na produção e regulação, proporcionando efeitos prejudiciais à qualidade da pele. Em razão dessas alterações, começa o processo diminuição da densidade cutânea, com a perda de firmeza e elasticidade, afetando contorno do rosto”, destaca o médico Dr. Anderson Bertolini.

45 anos

Linhas de expressão e rugas acentuadas. Ocorre uma alteração na produção das fibras de colágeno, a elastina aumenta e as fibras desorganizam-se. A renovação celular torna-se irregular, a pele vai perdendo cada vez mais sua hidratação natural. Todos esses fatores fazem com que ocorra perda em sua densidade, firmeza e elasticidade.

60 anos

Perda da elasticidade, firmeza e rugas. A pele se torna mais fina, flácida, frágil, desidratada e desprotegida.

Atividades físicas em combate ao envelhecimento

Entre os benefícios da atividade física para o corpo podem incluir o aumento da força muscular, energia, maior flexibilidade no corpo, equilíbrio, coordenação motora, controle do peso, diminuição da ansiedade e prevenção de diversas doenças. Além disso, os exercícios não interferem somente na capacidade corporal, mas também na autoestima.

“A atividade física evita a perda de músculos, mantém equilíbrio e flexibilidade. Interfere positivamente na atividade neuronal, circulatória e cardiopulmonar. Retarda o processo de envelhecimento e reduz o risco de osteoporose e fraturas”, ressalta o dermatologista Dr. Anderson Bertolini.

Mas antes de iniciar a prática de qualquer atividade para combater o envelhecimento, é recomendado à pessoa passar por uma avaliação médica para verificar o seu condicionamento físico.

“Faça exercícios físicos regularmente, pelo menos 30 minutos por quatro ou cinco dias por semana. A prática de atividade física aumenta o fluxo sanguíneo para a pele, deixando-a mais brilhante e saudável”, aconselha o médico Dr. Anderson.

Conheça alguns dos exercícios físicos que podem interferir no processo de envelhecimento:

Atividades Aeróbicas

Para manutenção da saúde a pessoa deve realizar atividades aeróbicas de intensidade moderada. Numa escala de cinco a seis exercícios, com duração de 30 minutos cada. Os aeróbicos desenvolvem uma resistência cardiovascular e a capacidade respiratória, que garantem uma maior oxigenação das células.

Fortalecimento muscular

Os exercícios com peso devem ser realizados em uma série de 10 repetições, de cinco a oito exercícios que trabalhem os grandes grupos musculares.

Flexibilidade

Atividades com duração de 10 minutos com o maior número de grupos de músculos e tendões. Faça exercícios de flexibilidade em três a quatro repetições de cada movimento estático. É recomendado fazer todos os dias de atividades aeróbicas e de fortalecimento.

Musculação

Com a prática do exercício, os músculos recebem mais nutrientes, e a musculatura vai se tonificando, assim como as fibras musculares vão se tornando mais espessas. A musculação aumenta a produção de substâncias químicas, que têm grande ação contra o envelhecimento.

Driblando o processo de envelhecimento

Além de manter uma alimentação balanceada e praticar regularmente qualquer atividade física, alguns cuidados extras também podem ajudar a manter a pele jovem por mais tempo:

-Limpe diariamente o rosto, com os produtos adequados para o seu tipo de pele.

– Proteja a pele dos agentes exteriores, como o sol, a poluição ambiental, o frio ou os agentes químicos.

-Use cosméticos com filtros solares, ingredientes hidratantes, nutritivos e protetores.

-Proteja o corpo com cremes ou loções hidratantes, para repor o manto lípido, depois do banho.

-Não exercitar em jejum. Consuma carboidratos antes do exercício.

 Dermatologista Anderson Bertolini (CRM- 107976), Médico e Diretor da Clínica Bertolini.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: