Você está aqui
Home > Qualidade de Vida > Ver muita TV antes de dormir interfere no adormecer das crianças

Ver muita TV antes de dormir interfere no adormecer das crianças

Fallback Image

crianca-assistindo-tv

Birra, comportamento agressivo, apatia nas brincadeiras e brigas constantes são alguns dos sintomas da falta de sono reparador

Um estudo publicado na edição de fevereiro do Pediatrics (jornal oficial da Academia Americana de Pediatria) faz um alerta aos pais: quanto mais tempo a criança assiste TV, à noite, antes de dormir, menos ela dorme.

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores analisaram as atividades realizadas por crianças 90 minutos antes que elas deitassem para dormir e como elas influenciavam o adormecer. A pesquisa reuniu dados de mais de 2.000 crianças e adolescentes com idades entre 5-24 anos na Nova Zelândia.

O objetivo era verificar como as crianças gastavam o seu tempo à noite, incluindo alimentação, preparação para dormir, leitura ou realização dos deveres de casa, tempo assistindo televisão, jogando videogames, ouvindo música e realizando outras atividades.

Os pesquisadores descobriram que entre todas as crianças da amostra, a atividade que mais tomava tempo, à noite, é assistir televisão antes de dormir. “O tempo de tela” variava entre 30 e 90 minutos todas as noites. Como resultado, o início do sono das crianças que assistiam mais TV pode ser adiado em até 13 minutos a mais em relação ao tempo do início do sono das que viam menos TV.

“Ou seja, a redução do ‘tempo de tela’ à noite pode ajudar a promover o início do sono mais cedo em crianças e adolescentes, fator essencial para um apropriado desenvolvimento”, observa o pediatra Moises Chencinski (CRM-SP 36.349).

Sono e saúde na infância

“A criança que não dorme direito pode ter alterações de humor e de apetite, desatenção nas atividades escolares e cotidianas e problemas de crescimento”, alerta o médico. Pesquisadores da Universidade de Northwestern (Estados Unidos) revelaram que uma hora a mais de sono diminui as chances de excesso de peso em até 36% em crianças de 3 a 8 anos.

O sono ruim ou a falta dele atrapalha o processo de aprendizagem. Birra, comportamento agressivo, apatia nas brincadeiras e brigas constantes são alguns dos sintomas da falta de sono reparador.

Segundo pesquisas recentes, crianças com problemas para dormir tiram notas piores na escola e teriam mais dificuldade para aprender. Outro estudo, finlandês, acompanhou 280 crianças nascidas em 1998 até que elas completassem 8 anos. Ficou comprovado que os problemas de comportamento decorrentes de noites mal dormidas são parecidos aos das crianças diagnosticadas com déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

É enquanto dorme que a criança consolida a memória e fixa o que aprendeu durante o dia. O sono restaura as energias para o dia seguinte. Além disso, o pico do hormônio GH (do crescimento) é noturno. Se não há um bom sono, pode não ser atingida a estatura esperada.

Para assegurar uma boa noite de sono da criança, é preciso rever os hábitos de toda a família. Uma pesquisa realizada na Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, mostra que a disponibilidade emocional das mães na hora de colocarem seus filhos para dormir foi importante fator para que eles adormecessem mais facilmente e não acordassem à noite. “Podemos entender como disponibilidade emocional o fato de os pais prestarem atenção e atenderem seus filhos de forma tranquila, promovendo atividades calmas e que envolvam algum contato com elas antes de dormir”, comenta Chencinski.

“Isso quer dizer que, mandar, impacientemente, as crianças irem para a cama pode não trazer bons resultados. O melhor é ensiná-las desde cedo o horário correto para dormir, além de fazê-las descansar em seu próprio quarto, sozinhas”, defende o pediatra.

Dicas para dormir bem

A seguir, o Moises Chencinski lista algumas dicas que podem assegurar uma boa noite de sono para as crianças:

· Controle da ingestão de líquidos antes de os pequenos se deitarem;

· Alimentos ricos em cafeína, como chocolate, chá preto e chá-mate, café e refrigerantes devem ser evitados à noite, pois são estimulantes;

· Ao invés de cansar as crianças com atividades que exigem energia, incentive-as a fazer algo relaxante antes de dormir, como ler ou ouvir uma música suave;

· Chá de camomila ou um copo de leite morno podem ajudar os pequenos a dormirem melhor. O leite contém triptofano, aminoácido que participa da produção de serotonina que, por sua vez, regula o sono e provoca uma sensação de bem-estar;

· Desligue a televisão e o computador pelo menos uma hora antes da criançada se deitar. A luz desses equipamentos impede que o cérebro entenda que já é hora de descansar.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: