Você está aqui
Home > Nutrição > Atenção ao coração e aos hábitos alimentares

Atenção ao coração e aos hábitos alimentares

alimentos-coracao

Cardiologista afirma que há conscientização, mas taxa de mortalidade por doenças cardiovasculares ainda é alta.

Tem se alimentado bem? Pratica exercícios físicos? Faz check-up regularmente? Se a resposta é não para todas as perguntas, está na hora de cuidar mais da saúde.

De acordo com o cardiologista da Amhpla Cooperativa de Assistência Médica, Dr. Francisco Farina, “há sim conscientização em torno do tema com relação aos cuidados com a saúde e prevenção de doenças. No entanto, tem muito o que ser feito. As taxas de mortalidade por doenças cardiovasculares, por exemplo, ainda são altas”, afirma.

Para ele, uma das coisas mais importantes a fazer é o controle dos fatores de risco. “Obesidade, vida sedentária, pressão alta, cigarro, são alguns dos principais fatores de risco. É preciso movimentar o corpo, se alimentar bem, ir ao médico pelo menos uma vez ao ano, fazer checkup, exames de sangue, medir as taxas de glicemia, colesterol, triglicérides e ácido úrico. As pessoas são informadas sobre isso, mas procuram ajuda tardiamente”.

Na alimentação, a nutricionista da Amhpla, Juliana Agosta, considera alguns hábitos fundamentais. “Fazer as refeições nos horários corretos e praticar exercícios ajuda, e muito. Tomar café da manhã, uma fruta no meio da manhã, almoçar em pequenas quantidades, comer fruta à tarde, um jantar leve com fibras e até outra fruta a noite ou de sobremesa é o cardápio ideal”.

Porém, Juliana comenta que a dieta pode ser perfeita, mas de nada adianta se não houver o consumo de água: “Cada alimento exerce uma função no organismo, tudo é importante na quantia certa, na hora certa e com variedades. Comer sempre igual não é legal. No entanto, tem algo que ninguém pode deixar de consumir, mas muita gente esquece: a água. Essencial, ela ajuda o organismo a funcionar direito. Não adianta a pessoa consumir cereais integrais e tudo saudável, se não tomar água. O intestino pode até travar”.

“A procura por bons hábitos de vida tem aumentado devido à oferta de produtos diferenciados e gostosos, assim como a preocupação com atividade física. A maioria das cidades destinam locais para atividades da população, ou seja, não tem mais a desculpa de que é preciso pagar para fazer exercício, é só calçar um tênis adequado e sair pra rua. Muitos pacientes meus adotaram essa conduta e estão bem felizes”, finaliza a nutricionista.

Sobre a Amhpla Cooperativa de Assistência Médica

A Amhpla Cooperativa Médica iniciou as atividades em 1985, com o ideal de oferecer um atendimento médico diferenciado para empresas. No ano seguinte, expandiu suas áreas de atuação com o atendimento também aos planos familiares.

Top
%d blogueiros gostam disto: