Você está aqui
Home > Qualidade de Vida > 2 Passos Simples e Instantâneos Para A Paz Interior

2 Passos Simples e Instantâneos Para A Paz Interior

Paz Interior - Autogestão

Você não acha a vida sempre uma correria e cheia de demandas intermináveis? Não parece que há sempre alguma coisa drenando toda nossa energia? À medida que nossa sociedade torna-se mais complexa, encontrar a verdadeira paz interior torna-se uma missão quase impossível, é como tentar encontrar um oásis no deserto.

Temos uma vida muito ocupada, temos que gerir empresas, exercer cargos com maestria e lidar com todo o estresse e demanda resultantes de tudo isso.

Definitivamente, tudo tem seus efeitos ao longo do tempo. Portanto, gostaria de aproveitar esta oportunidade para compartilhar com você dois dos métodos mais simples e instantâneos que uso na minha vida para encontrar minha paz interior e me desconectar da rotina diária cheia de demandas e exigências quando se faz necessário.

Estes métodos relacionaodos a páz interior não se tratam ou relacionam a religão, buscar páz em Deus ou em relação ao mundo espiritual, ou novamente a Deus. Esse artigo trata de dois pontos com base na razão e na lógica comun entre nós homens e mulheres em comun.

Então aqui estão:

1: Aceitar Aquilo Que Não Pode Ser Mudado. (Aceitar O Que É).

Se há algo que nos afeta profundamente em nossas emoções são as coisas que não podemos mais mudar e tudo aquilo que não podemos de alguma forma influenciar. Tenho observado que isto tem sido fonte de um imenso desespero e agonia para muitas pessoas.  Na medida em que nos concentramos e nos esforçamos demasiadamente em coisas nas quais não temos mais nenhum controle, nós nos esgotamos e toda nossa energia e alegria de viver vão por água baixo.

Porque nos preocupamos tanto com algo que não podemos mais mudar? Fazemos isso como se todas nossas preocupações fizessem alguma diferença na situação em si. Porque se preocupar com o que as outras pessoas pensam de nós, quando na verdade, não temos certeza do que realmente elas estão pensando?

Uma vez que abrirmos as “persianas” para este fato e começarmos a aceitar o que é em relação a um fato que não podemos mais mudar, toda a dor e desconforto simplesmente vão embora. Você se livra automaticamente de grandes “doses” de estresse e ansiedade. É como se um enorme peso tivesse sido retirado dos seus ombros. Tomar este caminho é seguir um caminho em direção à paz. Aceitar o que é não é resignação, nem baixar a cabeça e aceitar tudo. Muito pelo contrário. Aceitar o que é significa que você não vai mais entrar em guerra com aquilo que não pode mais mudar. Ex: o clima, o trânsito, a economia, a morte já ocorrida de um ente querido, o fim de um relacionamento já desgastado e desestruturado etc…

Lembre-se que você não pode controlar o vento, mas pode ajustar suas velas. Existe um ditado que levo com muita seriedade e tenho colhido muitos resultados desde que comecei a aplica-lo na minha vida. Ele diz o seguinte:

 

Paz Interior - Autogestão
                                                Paz Interior – Autogestão

Se não há mais solução, então não há mais problema!

Pode parecer radical, mas é a pura verdade. É se você analisar friamente o significado que ele traz vai me dar razão em ter escolhido segui-lo.

 

2: Viver O Momento Presente (Aqui e Agora).

Na maioria das vezes, aquilo que nos preocupamos de maneira demasiada está relacionado com a alguma coisa no passado, ou algo que ainda não aconteceu no futuro. Viver no momento presente dissolve todos esses pensamentos. Porque se preocupar com eventos no passado que não podemos mais mudar? (Ver ponto # 1, Aceitar O Que É).

Porque se preocupar com algo que nem sequer temos certeza se vai realmente acontecer? Ao invés de perder seu tempo com isso e escolher enraizar seu coração unicamente no momento presente, você encontrará a verdadeira paz interior. No momento presente (Aqui e Agora), não há problemas e nem preocupações. Há apenas quietude, e é dentro desse silêncio que você pode descobrir sua paz interior.

Eu costumava ser uma pessoa que se preocupava demais o tempo todo, até o ponto onde eu tinha muitas dificuldades e problemas para dormir. Uma vez que realmente aprendi a ficar ancorado e viver no momento presente, eu parei de pensar sobre o passado e todos os improváveis problemas do futuro. Foquei apenas em estar sempre presente em cada momento (Aqui e Agora). Minha vida é definitivamente mais calma desde então. Uma boa ferramenta para te ajudar a se ancorar no presente é focar na sua respiração. Apenas concentre-se na sua respiração. Veja como seu diafragma infla e desinfla enquanto seu corpo te respira. Na sua respiração você encontra aquele oásis que você tanto procurava. Faça da sua respiração seu abrigo, seu refúgio. É como uma mãe que está sempre de braços abertos e cheios de amor para receber seu filho. Faça o teste e veja por você mesmo.

Deixem seus comentários, perguntas e sugestões!

Fiquem com DEUS!

Forte abraço!
Anderson Maia

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: