Você está aqui
Home > Filmes > Power Rangers: vale a pena assistir o filme?

Power Rangers: vale a pena assistir o filme?

power-rangers-filme-lançamento

Cada vez mais estão sendo produzidos filmes de super-heróis, essa indústria, que vem crescendo a cada ano e ganhando novos espectadores, tem investido muito nos filmes que parecem atrair mais o público, e Power Rangers é um dos principais. O motivo para tal aposta é bastante claro: Power Ranger é um clássico da infância.

Quem nunca brincou de ser um Power Ranger quando era criança? Escolher uma cor, a sua arma e imaginar junto com seus colegas as invasões alienígenas, era uma diversão comum para as crianças que cresceram no final da década de 90 e começo dos anos 2000. Hoje, esse público pode aproveitar junto com a nova geração as aventuras dos Rangers nas telas do cinema, e se deliciar com o toque de nostalgia trazido pela adaptação cinematográfica da série.

Por isso, desde que foi anunciado que seria lançado sua versão nos cinemas, Power Rangers tem causado ansiedade nos fãs da série de televisão que era transmitida há muitos anos na Rede Globo e até hoje em outros canais, estando atualmente em sua 24ª temporada.

Sendo assim, o filme tem arrastado multidões de fãs nostálgicos para os cinemas, emocionado a muitos com a chance de poderem ver novamente a história dos cinco adolescentes que irão salvar o mundo, mas também decepcionando a outros que esperavam por uma história mais adulta.

A história de Power Rangers é aquela que todo mundo já conhece: cinco adolescentes, Billy (RJ Cyler), Kimberly (Naomi Scott), Trini (Becky G), Jason (Dacre Montgomery) e Zack (Ludi Lin) descobrem ter poderes especiais e, sendo assim, eles são os únicos que podem salvar o planeta de um previsto ataque alienígena que irá afetar toda a galáxia.

Embora eles vivam em uma cidade pequena e estudem na mesma escola, esses jovens nunca foram próximos, até ganharem juntos de uma forma inusitada super poderes e as responsabilidades proveniente deles.

Enquanto descobrem-se como super heróis, eles também lutam não somente contra as forças externas que ameaçam à vida humana, mas também contra seus problemas pessoais e os dramas normais da juventude.

O filme acompanha o clima adolescente da série televisiva, e aproveita para abordar os problemas comuns da vida dos adolescentes, como, por exemplo, o bulliyng, a violência sofrida pelos jovens enquanto ainda estão no ensino médio e o descobrimento da própria identidade.

A história ainda dá uma abertura para a questão LGBTQ, que vem sendo cada vez mais abordada nos filmes e nas séries para o público jovem em geral, porém esse ponto não é bem desenvolvido ao longo do filme e acaba caindo em segundo plano dentro dos acontecimentos que envolvem a trama e do desenvolvimento dos personagens.

power-rangers-filme-lançamento

Power Rangers marcou a infância de muitas pessoas, seja através das temporadas passadas na televisão ou através das adaptações das histórias em quadrinhos, rompendo a questão de gênero, era uma série que conquistava meninos e meninas, e, possivelmente, essa série foi o primeiro contato com o mundo de super heróis para muitas pessoas.

Sendo assim, o filme, dirigido pelo jovem Dean Israelite e produzido pela LionsGate, foi uma das maiores apostas do começo do ano de 2017 e a fonte de grande expectativa para uma nova franquia de super heróis.

Os fãs que já foram conferir nos cinemas a produção parecem bem satisfeitos com o resultado, embora não muito surpresos, e a opinião encontra-se, no geral, de uma maneira unânime: o filme não é tão cheio de ação como é comum entre os do gênero, e o quesito de aventura, efeitos especiais e o lado mais “sombrio” dos perigosos alienígenas parece ficar um pouco de lado, deixando um espaço muito maior para outras questões.

Isso foi um ponto negativo para muitos que esperavam por um filme mais maduro, em um estilo adulto, violento e sombrio, como é de se esperar dado os filmes de aventura, ação e ficção cientifica.

via GIPHY

No entanto, isso não foi decepcionante já que o destaque vai para o desenvolvimento dos personagens, tanto o começo de suas histórias, o momento em que a vida desses cinco jovens diferentes se cruzam, ganham super poderes e enormes responsabilidade, quanto os seus problemas, aflições, medos e inconstâncias como adolescentes.

Isso tudo com certeza causou uma aproximação do público com dos personagens, fazendo o público se identificar em suas questões pessoais e ainda se divertir em muitas cenas com uma boa dose de comédia.

Embora tenha pecado em pequenos deslises para um filme do seu gênero, como a falta de ação e aventura, Power Ranger parece ser um bom começo de franquia, conquistando a simpatia do público que ansiou durante tantos anos por encontrar essa história nas telas do cinema.

O filme já faturou mais de R$60 milhões nas bilheterias até agora, os produtores esperam e estão confiantes em um total de R$200 milhões somente nas bilheterias, o dobro do preço que custou produzir o filme.

O sucesso da franquia, sendo assim, pode estar garantido desde que, é claro, nos próximos filmes sejam desenvolvidas de forma melhor as cenas de ação, aventura e ficção científica, onde a saga deveria se focar mais.

Assista ao trailer e Power Rangers:

Alexia Macêdo
Blogueira no Flores no Outono, tenho 18 anos, estou no terceiro período da faculdade de Ciências Sociais e trabalho como redatora.
http://flornooutono.blogspot.com.br/

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: