Você está aqui
Home > Relacionamento > Amor de Carnaval pode durar?

Amor de Carnaval pode durar?

Fallback Image

Há quem, coberto de fantasias e embalado por secretos desejos, pise na avenida com o coração e os olhos apontados para o amor! O intuito, além de se divertir, extravasar e sambar até o sol nascer na quarta-feira de cinzas, é encontrar alguém com quem se possa estar muito além da folia!

No entanto, muitos não acreditam nesta possibilidade. Para esses, Carnaval é tempo de exagerar, “atirar para todos os lados” e seguir o lema “caiu na rede, é peixe!”. Mais do que os enredos das escolas de samba, esses carnavalescos adotam velhos versos conhecidos de todos nós, como “ninguém é de ninguém, “eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também”, e por aí vai…

Acontece que, ao entrar na avenida, tudo é possível e o desejo de cada um só poderá ser descoberto por quem tiver coragem de arriscar. Porém, estando em busca de um amor ou não, o fato é que ele não costuma pedir licença e, considerando sua força e, especialmente, sua petulância, melhor é relaxar e se entregar, porque se for a sua vez, o amor chega e faz folia em sua vida, aproveitando o ensejo de ser Carnaval!

Então, para quem se pergunta se um amor de Carnaval pode durar mais que cinco dias, a resposta é “sim, com certeza” – desde que dois corações queiram! Porém, nem só de amor sobrevive um relacionamento, até porque amor é construção e construção leva tempo. Além disso, querer que dê certo não é o bastante. É preciso ter atitudes coerentes, fazer escolhas conscientes e lembrar-se de que o Carnaval é uma festa, e toda festa tem dia e hora pra acabar.

Depois da quarta-feira de cinzas, as máscaras voltam para os baús, as fantasias se desfazem para dar espaço à realidade, à rotina e ao que cada um é, com todos seus encantos e limitações. E é aí que a história começa de verdade! A questão é: até chegar a vida real, como se tornar a atração preferida de alguém em meio às plumas, paetês e serpentinas?

O segredo é ser você! Parece uma dica extremamente simples, mas quando se trata de relacionamentos e “segundas intenções”, ainda que sejam as melhores, a maioria das pessoas tende a tentar se encaixar em regrinhas e estratégias para conseguir o que quer! Perdem a espontaneidade, passam a mostrar o que não são e a fazer joguinhos que em vez de ajudar, só servem para criar uma imagem limitada e, pior, igual à de todo mundo!

Quanto mais bem-humorada e boa companhia você for, maiores serão as chances do outro querer ficar por perto. Quanto mais coerente você for, procurando a sensatez entre o que pensa, o que sente e o que faz, muito maior será a oportunidade de viver uma experiência que valerá a pena, independentemente do tempo que durar.

[MSN]

Similar Articles

Acima