Você está aqui
Home > Beleza > Lipoescultura sem cirurgia

Lipoescultura sem cirurgia

Fallback Image

Para quem quer perder medidas sem ter que passar por uma cirurgia, a lipoescultura não-invasiva é uma opção segura e indolor. O paciente chega a reduzir até 2 cm de gordura localizada em uma única sessão

Diante dos casos de complicações resultantes de cirurgias plásticas relatados pela mídia, uma nova técnica vem ganhando a preferência de homens e mulheres. A lipoescultura não-invasiva que garante ótimos resultados de redução de medidas sem a necessidade de procedimento operatório. A empresária Luciana Nilo, de 39 anos, é um exemplo da crescente procura por tratamentos alternativos para a retirada de gordura localizada. Há treze anos, Luciana se submeteu a uma lipoaspiração para acabar com o culote, sem muita idéia do que uma cirurgia poderia causar. Felizmente a operação correu bem, mas ela não tem boas lembranças do pós-operatório, do inchaço, das fortes dores e dos hematomas. “Eu era muito jovem e não sabia da complexidade que envolvia uma lipoaspiração. O que eu queria era acabar rapidamente com o meu problema”, diz. No entanto, pouco tempo depois da cirurgia, as medidas extras voltaram. Luciana reproduz o sentimento de muitos brasileiros, afinal, mais de 750 mil cirurgias plásticas são realizadas no país a cada ano. Após a insatisfação com a cirurgia, ela recorreu à lipoescultura não-invasiva na Fina Forma- Núcleo de emagrecimento e estética em Belo Horizonte e acabou com o que a incomodava.

Luciana perdeu 11 cm no culote e ainda ficou 3k mais magra. Passou do manequim 44 para 40 em apenas três meses. A lipoescultura não-invasiva é a modelagem do corpo, deixando-o com contornos desejados através da remoção da gordura localizada dos locais indesejados, tais como abdômen, culote, braço, etc. O diretor e médico da Fina Forma, César Mourão, explica que o procedimento é realizado através de um ultrasom (Ultracavity) focalizado ou plano, que atinge as células adiposas e proporciona redução efetiva da gordura. “Uma quantidade de energia pré-determinada do ultrasom é convertida, causando uma destruição mecânica das membranas das células gordurosas”, explica.

Segundo Mourão, o ultrasom age inflando as bolhas de ar que existem nas células adiposas, provocando compressão e posterior rompimento delas. Desta forma são liberados os triglicerídeos que caem no sistema linfático. Os triglicerídeos são lipídios, popularmente conhecidos como gorduras, cuja função principal é fornecer energia para o funcionamento do organismo. Logo, é também importante associar o tratamento como uma dieta específica e atividade física regular, para que essa gordura seja “queimada”. “É um tratamento seguro, indolor e sem necessidade de cirurgia. O paciente chega a reduzir até 2 cm de gordura localizada em uma única sessão”, ressalta. De acordo com Mourão, no entanto, o procedimento não é indicado para mulheres grávidas e para diabéticos.

Maria Manuela Martinho, de 57 anos, é outro caso de sucesso da lipoescultura não-invasiva. A australiana que está em Belo Horizonte há três anos e meio para acompanhar o marido executivo também estava insatisfeita com algumas partes do corpo, entre elas a barriga. “Nunca pensei em fazer cirurgia estética. Sempre tive receio. Vi minha amiga sofrendo muito após uma lipoescultura”, comenta. Manuela, que faz exercícios físicos e se preocupa com a saúde o bem-estar, procurou auxílio na Fina Forma. Depois de uma avaliação com a equipe multidisciplinar do centro de estética, ela passou por sessões combinadas de ultracavity, manthus e carboxiterapia. “Eu não acreditava que daria tanto resultado. Em um mês e meio perdi 9 cm de barriga, 3 de quadril, 2,5 de braço e ainda emagreci 4 kg”, ressalta.

Mourão explica que o procedimento da lipoescultura não-invasiva (ultracavity) é praticamente isento de riscos. O equipamento é aprovado em órgãos fiscalizadores como a OMS e a Anvisa, e passou por vários testes. Mesmo assim, são tomados alguns cuidados. As áreas de tratamentos incluem abdômen, flancos, coxas, entre outras.

Similar Articles

  • Pingback: Melhor Amiga()

  • marines almeida

    eu tenho um aparelho massageador com infravermelho gostaria de saber se tambem resolve nas massagem de quebra de gordura

  • Elisandra

    eu tenho um aparelho massageador com inflavermelho gostaria de saber se ele quemar gordura na barriga e qual a massagem que eu posso fazer com ele. ele e um massageador profissional

    • Olá Elisandra,
      Obrigada por nos escreve. Sobre sua pergunta o ideal é que você entre em contato com o fabricante do produto que você já tem e tire sua dúvida. Nós do site Melhor Amiga apenas publicamos as matérias não saberiamos lhe informar, ok.
      Beijos e boa sorte.
      Equipe Melhor Amiga

Acima
%d blogueiros gostam disto: