Você está aqui
Home > Nutrição > Equilíbrio de vitaminas para manter a vitalidade da pele

Equilíbrio de vitaminas para manter a vitalidade da pele

Fallback Image

Vitaminas A e E são mais recomendadas para prevenir envelhecimento.

Alimentar-se de maneira balanceada e beber de dois a três litros de água por dia é a melhor receita para manter a vitalidade da pele, de acordo com a Dra. Socorro Giorelli, médica nutróloga e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). Um organismo nutrologicamente equilibrado, com a quantidade ideal de vitaminas, nutrientes e sais minerais, é fundamental para prevenir o envelhecimento precoce.

“A vitamina A e a vitamina E são as mais importantes para manter a pele bem cuidada”, explica a Dra. Giorelli, que recomenda óleo de fígado de bacalhau, fígado, espinafre, leite e gema de ovo. A médica conta que, quando ingeridas adequadamente, essas vitaminas funcionam como protetores solares – mas é importante lembrar que isso não exclui a necessidade da aplicação do filtro solar.

Além dos benefícios para a pele, a vitamina A também é muito importante para a saúde dos olhos. “Se a dieta estiver deficiente dessa vitamina, a pele pode se tornar extremamente seca e a visão fica deficiente”, ressalta. É importante lembrar, no entanto, que tudo em excesso faz mal. “Uma quantidade muito elevada de vitamina A pode provocar ressecamento e aspereza na pele, queda de cabelos e feridas nos lábios”.

Outras vitaminas, nutrientes e sais minerais também são importantes

• Vitamina B: impede o ressecamento e a inflamação dos lábios.

• Vitamina C: presente em todas as frutas cítricas, também é importante para a saúde da pele.

* Ferro: importante para a saúde do sangue, porém também confere um aspecto corado à pele.

• Zinco: Mantém a pele, cabelo e unhas saudáveis. Bom para cicatrização de ferimentos. É necessário no organismo em doses muito pequenas.

Cuidados com álcool e café

Muitas bebidas podem causar danos à pele. “Álcool e café causam dilatação dos capilares, pequenos vasos sanguíneos que ficam sob a superfície da pele. Isso resulta na familiar aparência ruborizada, avermelhada, das pessoas que têm o hábito de beber”, aponta a Dra. Giorelli. Ela comenta que esses efeitos do álcool e do café são inicialmente temporários, mas beber excessivamente pode causar dilatação permanente dos vasos, fazendo com que eles fiquem aparentes.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: