Você está aqui
Home > Turismo > Vida noturna europeia

Vida noturna europeia

Fallback Image

Bares e clubes divertidos, festivais culturais, bebidas típicas, concertos, cassinos e uma infinidade de atrações marcam a noite na Europa

Tão bom quanto conhecer a Europa, seus monumentos históricos, sua gastronomia e sua riqueza cultural, é reunir os amigos e sair para dançar, bebericar e experimentar a vida noturna do continente. Os países europeus oferecem milhares de opções para quem busca uma viagem animada, além dos melhores DJs do mundo. Conheça a vida noturna em bares com música ao vivo, baladas em navios, festivais de música ao ar livre e caia na noite europeia.

Alemanha – A vida noturna alemã é super agitada. O país abriga inúmeras opções de lazer para todos os tipos de público e não possui endereço certo, qualquer porta pode esconder a mais incrível festa. Localizada em uma antiga usina termoelétrica e conhecida pelo seu clima descolado e animado, a discoteca Berghain, em Berlim, conta com amplos horários de funcionamento. A região de Ostbahnhof oferece atrações culturais magníficas e noites muito movimentadas, pois abriga uma das maiores concentrações de baladas e bares de toda a Europa.

Áustria – Considerada a capital mundial da música, além dos concertos e óperas, Viena oferece uma noite cheia de agito, com bares modernos e DJs bem descolados. A Flex, casa noturna bem conhecida na cidade, é imperdível para quem gosta de curtir a noite. Em Salzburg, o Salzach River Island Bar proporciona aos visitantes uma bela vista do rio Salzach, que à noite, reflete as luzes da cidade. Outros atrativos para os turistas são os cassinos espalhados por todo o país, onde se pode encontrar diversão e degustar os principais vinhos e espumantes austríacos.

Espanha – Em terras espanholas é muito comum presenciar grupos de pessoas conversando nos bares e, no verão, estes encontros são ainda mais agradáveis por conta do clima. Madrid possui um repertório cultural magnífico, com diversos festivais e atrações. Já Santiago de Compostela apresenta um ambiente mais universitário e não restringe as festas apenas aos finais de semana. Para dançar, Andalucía oferece os populares tablados de flamenco, ou se preferir, lugares alternativos e fashions agitam a noite da região.

Grã-Bretanha – Londres oferece uma série de lugares badalados para conhecer durante a noite. Com uma vida noturna bem agitada, os turistas podem se divertir nos famosos pubs, apreciar jazz ao vivo e deliciosos coquetéis. Os pubs e bares de vinho fecham antes da madrugada, mas os clubes garantem diversão até o amanhecer. Festivais de música eletrônica e alternativa a céu aberto também fazem muito sucesso, sendo celebrados não só na Inglaterra mas também na Escócia e País de Gales.

.

.

Portugal – Em território português nada é melhor do que desfrutar as belas noites ao ar livre, com momentos divertidos e inesquecíveis, relaxando nos parques à beira-mar. A vida noturna no Porto é uma das mais excitantes por concentrar cafés, discotecas e bares na “zona da Ribeira”, no velho centro da cidade, freqüentados por muitos estudantes da região. O clima suave e o centro cosmopolita de Lisboa proporcionam noites agradáveis, combinadas ao imenso e moderno repertório de bares e discotecas, agitadas pelos melhores DJs europeus.

Irlanda – Em Dublin, nomeada Cidade da Literatura pela UNESCO, um passeio noturno em particular ganhou muita notoriedade: o Dublin Literary Pub Crawl, no qual vários pubs da capital são visitados por atores que representam obras de famosos escritores irlandeses. Durante duas horas, os turistas poderão apreciar textos de James Joyce, Samuel Beckett, Oscar Wilde e Bram Stoker (www.dublinpubcrawl.com). O tour atrai muitos brasileiros que estudam inglês no país. Além das apresentações nos pubs, o turista pode desfrutar da boa música irlandesa e da mundialmente famosa, cerveja Guiness.

Itália – Contemplar o romantismo e a bela iluminação das noites italianas são características que atraem os turistas ao fascinante país. Em Milão, por entres os monumentos barrocos, que apresentam deslumbrante beleza ao escurecer, os bares e cafés acomodam as mesas na parte de fora, ideal para conversar e se refrescar nas noites mais quentes. Roma também oferece variadas opções de lazer noturno, como festivais ao ar livre e danceterias que embalam os mais animados até o fim da madrugada.

República Tcheca – Situada no coração da Europa, a República Tcheca dispõe de dezenas de lugares para desfrutar de variados tipos de música. O clima estudantil é bem acentuado, fazendo com que a vida noturna seja agitada e divertida. Em Praga, inúmeros bares e clubes agradam aos apreciadores de estilos musicais como o rock e para os que preferem jazz, o Jazzboat navega ao longo do rio Vltava, com bela vista da cidade, música ao vivo e boa comida. A rua Stodolní, em Ostrava, abriga as discotecas mais badaladas que encerram o expediente no final da madrugada.

Suíça – Zurique não só ostenta a posição de maior cidade da Suíça como também oferece o maior número de clubes noturnos no país. A variedade de estilos musicais proporciona festas para todos os gostos, o que torna a vida noturna de Zurique vibrante e badalada. O bairro de Zürich West, que no passado testemunhou a revolução industrial da cidade, hoje é ponto de encontro da gastronomia, da arte, do design, da dança, da cultura, das compras e da arquitetura do país. Definitivamente, a região é o lugar mais agitado e descolado da cidade, sendo excelente opção para curtir a animada vida noturna suíça.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: