Você está aqui
Home > Atividade Fisica > Treinamento suspenso

Treinamento suspenso

Fallback Image

Já pensou em fortalecer seus grupos musculares, melhorando equilíbrio, flexibilidade e coordenação praticando uma atividade em suspensão onde se utiliza o peso do próprio corpo? Pois é isso que propõe a nova modalidade de fitness da Academia Gustavo Borges, a GB Fun. “É uma aula de força com movimentos funcionais necessários para as atividades diárias, como levantar da cama, subir e descer escadas, sair do carro, pegar e carregar objetos”, explica a professora de educação física da academia, Karla Konig.

Com duração de 30 minutos, a aula é voltada para pessoas de qualquer idade e condicionamento físico e os exercícios são realizados somente com um equipamento: uma fita de nylon presa em uma estrutura de ferro reforçada. A sobrecarga fica por conta do peso corporal de cada um e da inclinação no momento da atividade. “Assim, cada aluno poderá escolher o nível de dificuldade, variando apenas na posição do corpo, ou seja, quanto mais inclinado estiver, mais força fará”, ressalta a professora.

Para fazer o exercício, de acordo com ela, não existe um fator limitante. “Muitos perguntam quantos quilos a fita suporta, mas não há preocupação, pois segundo os fabricantes ela aguenta um usuário de até 158 kg. Contudo, testes garantem até quatro vezes mais este peso”, revela.

Sobre o público alvo, a professora garante que qualquer pessoa pode fazer. “A modalidade trabalha com o peso corporal do aluno. Assim, o professor pode ter um aluno de baixo condicionamento até um atleta de alto nível na mesma aula. A diferença estará na intensidade que será instruída pelo professor a cada um deles”.

Os benefícios da aula, segundo Karla, aparecem no dia a dia, na autonomia de fazer as atividades diárias e nas capacidades físicas, que voltam a aparecer. “Força, equilíbrio, coordenação, flexibilidade, velocidade de reação e resistência muscular. Além disso, o treino auxilia na sociabilização, pois é uma aula em grupo e os efeitos psicológicos, sensação de prazer, ficam por conta da liberação da endorfina ao se fazer não só essa, mas qualquer atividade física”, conclui.

História – Essa modalidade nasceu durante as missões da Marinha dos Estados Unidos, em locais onde os soldados não dispunham de máquinas para fazer exercícios. Assim, eles amarravam as cordas dos paraquedas nas ferragens dos navios e faziam movimentos utilizando o peso e a inclinação do corpo para manter o condicionamento físico. As adaptações do equipamento foram feitas pelo militar Randy Hetrick. Para o mundo, a nova modalidade foi apresentada no IDEA World Fitness Conference 2004.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: