Você está aqui
Home > Gravidez e Bebê > Saiba o que fazer para recuperar a boa forma e a postura durante a gravidez e no período pós-parto

Saiba o que fazer para recuperar a boa forma e a postura durante a gravidez e no período pós-parto

Fallback Image

Durante a gestação, a mulher sofre uma série de mudanças, em todos os sistemas corporais, inclusive posturais, que podem causar desconforto e dores se ela não for adequadamente preparada para acomodá-las, durante o desenvolvimento da gravidez. Uma das atividades que podem diminuir setes desconfortos, é a prática regular de atividades físicas que priorizem exercícios de fortalecimento e alongamento muscular percepção corporal, com baixo impacto, como o Pilates e o Gyrotonic, ofertados em Curitiba no Núcleo do Corpo.

Ambos os métodos podem ser adaptados aos diferentes períodos gestacionais, suavizando os movimentos e preparando músculos e regiões do corpo necessitam de maior atenção durante este período. Com a prática dos movimentos funcionais destes métodos, a gestante aprende a fortalecer músculos profundos do períneo, a adaptar as progressivas mudanças posturais de cada trimestre e preparar-se, inclusive para as importantes mudanças que ocorrem no período pós-parto.

“Um dos importantes cuidados que o instrutor de Pilates e a própria gestante devem ter, é a certeza de que há orientação do médico obstetra para a prática de atividades físicas. A seguir, uma avaliação criteriosa das condições físicas de cada gestante é imprescindível, antes mesmo do início dos atendimentos”, explica a médica e sócia do Núcleo do Corpo, Dra. Elaine de Markondes.

Outros benefícios desses métodos para as futuras mamães são o fortalecimento dos membros superiores que as preparam para quando o bebê nascer e o trabalho respiratório e de percepção corporal que promovem importantes níveis de relaxamento para o parto e para o período pós-parto. O fortalecimento dos músculos abdominais, os movimentos de mobilização da coluna, da respiração e de percepção corporal ajudam a gestante a preparar-se melhor para o trabalho de parto assim como para o período posterior, quando o corpo sofre alterações ainda mais abruptas que precisam ser rapidamente ajustadas.

O estímulo da percepção corporal presente nestes dois métodos ajuda a gestante a recuperar a forma anterior do corpo mais rapidamente, já que é orientada a manter atualizadas da melhor forma possível as suas condições corporais neste período

Similar Articles

Acima