Você está aqui
Home > Gravidez e Bebê > Higiene bucal inadequada pode causar complicações em gestantes

Higiene bucal inadequada pode causar complicações em gestantes

Fallback Image

Oito entre dez gestantes apresentam algum tipo de problema bucal.

O número de gestantes que apresentam problemas bucais é alarmante e exige atenção. Segundo estimativas da Secretaria de Estado da Saúde, oito entre dez gestantes apresentam algum tipo de alteração bucal, como placa bacteriana, cárie e gengivite.

De acordo com a cirurgiã-dentista e conselheira do CROSP (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo), Maria Lucia Zarvos Varellis, especialista em Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais, a saúde bucal da gestante está diretamente ligada aos possíveis problemas da gestação. “A higiene bucal inadequada pode acarretar sérios problemas sistêmicos, como risco de aborto, prematuridade e nascimento do bebê com baixo peso”, afirma.

Durante a gravidez, devido às grandes mudanças hormonais, são maiores as chances das mulheres apresentarem problemas bucais, principalmente quando se soma à presença da placa bacteriana. Por isso, os cuidados essenciais em qualquer fase da vida devem receber atenção redobrada neste período, em que há maiores chances de a mulher se preocupar mais com a própria gestação do que com seu corpo.

Vejas as dicas:

• Antes de programar a gestação, visitar o cirurgião-dentista para uma revisão da saúde bucal.

• Fazer a escovação após casa refeição, com creme dental fluoretado.

• Usar o fio dental ao menos na escovação noturna.

• Utilizar água de abastecimento público que é fluoretada, contendo a quantidade necessária para uma dose diária, não havendo necessidade de qualquer suplementação de flúor via oral.

• Cuidados com a alimentação, dando preferência aos alimentos duros, secos e fibrosos, incluindo na dieta boa quantidade de frutas e vegetais, além de alimentos ricos em vitamina A, C e E e suplementação com ácido fólico.

• Incluir alimentos ricos em cálcio, importante para a gestação por motivos diversos de proteção à saúde de mãe e filho, mas também para os dentes, uma vez que a necessidade de cálcio aumenta durante a gestação.

• Evitar doces e refrigerantes.

• Visitar o cirurgião-dentista periodicamente para revisão bucal e, quando necessário, remoção profissional da placa bacteriana e do tártaro, o que ajuda a manter a saúde bucal.

Similar Articles

Acima