Você está aqui
Home > Casa > Aprenda como dar um toque final na decoração

Aprenda como dar um toque final na decoração

Fallback Image

Aparentemente, os bibelôs estão perdendo espaço nos lares, para objetos como obras de arte, livros e flores. Mas essas peças charmosas ainda têm seu lugar e são recomendadas por profissionais do segmento. A dica é mesclá-los com objetos contemporâneos

Para dar sorte, como lembrança de um lugar, simbolizando uma época ou crença, os bibelôs possuem vários tamanhos, formatos e uma característica comum a todos eles: o grande valor afetivo empregado nesses objetos. Esses mimos tão um toque pessoal na casa, finaliza a decoração do ambiente como se fosse uma marca registrada.

Mesmo assim, os adornos, que lembram o tempo das vovós, parecem estar perdendo lugar nos lares modernos. A designer Iara Santos explica por que: “É uma questão de praticidade. Esses objetos são, na maioria das vezes, pequenos e, hoje, as pessoas buscam a praticidade, por isso estão usando objetos maiores. Contudo, a designer lembra – “que eles não foram totalmente extintos”.

Tanto não foram que a arquiteta Estela Netto sugere alguns cuidados ao usar os bibelôs. “Alguns adornos são peças de herança da família, que contam a história dos moradores. Essa peculiaridade pode imprimir a ideia de velho. Para evitar isso, a dica é utilizar os bibelôs associados a elementos mais contemporâneos e atemporais. Desta forma, contempla-se o lado afetivo sem comprometer a qualidade e a beleza da decoração”.

E quem já abriu mão dos antigos bibelôs? O que está sendo usado para adornar as casas? Estela observa que as obras de arte estão em alta. “Obras de arte sempre foram e agora estão sendo, mais do que nunca, utilizadas. Essa é uma ótima opção que agrega valor, sofisticação e alegria ao ambiente”, ressalta. Segundo a arquiteta, os livros de arte também são uma boa pedida: “eles convidam não só ao deleite estético, mas também a uma leitura rápida”.

Outra dica são as flores. Elas nunca saem de moda e se tornou tendência pelo fato de humanizar o espaço. “As flores deixam o lar acolhedor de forma singela”, reforça Estela.

Mas para quem ainda não abre mão dos bibelôs, Iara finaliza com uma boa notícia: “Antigos ou moderninhos, está mais fácil adquirir esse mimos. O preço está mais acessível. Os clientes pedem sempre adornos, mas não gostam de investir grandes somas. Agora há mais opções para personalizar a casa gastando menos”.

Crédito Daniel Mansur

Iara Santos acredita que, devido a praticidade, os bibelôs estão sendo pouco utilizados na decoração, mas ainda assim tem o seu lugar garantido nos espaços

Crédito Daniel Mansur

Para que o bibelô não imprima na decoração um ar de ultrapassada, a arquiteta Estela Netto sugere associá-lo a elementos mais contemporâneos e atemporais

Crédito Daniel Mansur

Para Iara Santos os adornos são fundamentais para personalizar a decoração

Crédito Daniel Mansur

Neste projeto, Estela Netto deu vida à prateleira ao fundo com a escolha selecionada de adornos

Similar Articles

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Acima