Você está aqui
Home > Saúde > Dia de alerta contra o câncer

Dia de alerta contra o câncer

Fallback Image

Alimentação nada saudável, noites mal dormidas, nenhuma prática de exercícios físicos, ingestão exagerada de bebidas alcoólicas, tabagismo. Hábitos como esses, comuns no cotidiano de muitas pessoas, integram os fatores de risco que desencadeiam, entre outras doenças, o câncer. Para alertar a população sobre o tratamento e prevenção desta moléstia que chega a aproximadamente 500 mil casos ao ano no Brasil, em 27 de novembro celebra-se o Dia Nacional de Combate ao Câncer.

Com mais de 90 anos de atuação na área de saúde — sendo os últimos 37 voltados para a especialidade oncológica, o Hospital Amaral Carvalho (HAC) tornou-se referência nacional no tratamento da doença. Além da qualidade e atendimento humanizado, são aspectos determinantes para este reconhecimento o diagnóstico precoce e prevenção do câncer.

Prevenção

De acordo com o mastologista José Roberto Fígaro Caldeira, pró-reitor de Desenvolvimento e Promoção à Saúde da Universidade Corporativa da Fundação Amaral Carvalho (FAC), instituição mantenedora do HAC, o tipo de câncer mais frequente entre a população, de maneira geral, é o de pele, não melanoma. Outros tumores mais comuns — cerca de 50 mil casos por ano, são os de próstata (entre os homens) e mama (nas mulheres).

O tratamento dos tumores sólidos, geralmente é feito com cirurgias, quimioterapia e radioterapia, de acordo com a indicação para cada caso. Esses procedimentos podem ser agressivos, dependendo da fase de desenvolvimento do câncer. O mastologista afirma que hoje há tratamentos inovadores e mais direcionados, como terapia com anticorpos monoclonais, radioterapia conformacional e radiocirurgia. Contudo, a prioridade é a prevenção, arma fundamental no que se refere a combate ao câncer.

Caldeira explica que as pessoas devem estar atentas às medidas preventivas, pois quanto mais precocemente o câncer é diagnosticado, maiores são as chances de cura e de realização de tratamentos menos agressivos. O médico relaciona algumas ações importantes de prevenção:

— Pratique atividades físicas;

— Mantenha uma alimentação de qualidade (muitas frutas, legumes e verduras, além de evitar carnes vermelhas com gorduras);

— Evite bebidas alcoólicas, especialmente as destiladas;

— Não abuse de hormônios para o tratamento da menopausa (quando indicados);

— Evite o tabagismo;

— Se possível, tenha filhos antes dos 30 anos e amamente-os durante o primeiro ano de vida.

Programas

O primeiro programa de prevenção do câncer da FAC iniciou suas atividades há mais de 30 anos. O foco era câncer de colo do útero. A partir de 2004, outras áreas integraram o esquema de prevenção: mama, próstata, melanoma e boca.

Coordenador geral dos programas de prevenção do Amaral Carvalho, Caldeira esclarece que essas cinco formas de apresentação são as mais comuns e passíveis de prevenção.

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: