Você está aqui
Home > Nutrição > 15 dicas para emagrecer de uma vez por todas no ano novo!

15 dicas para emagrecer de uma vez por todas no ano novo!

Fallback Image

Por Priscilla de Arruda Camargo

1- Beba bastante água para ajudar nas trocas de líquidos do corpo. Além disso, nesses dias de dieta, você não corre o risco de confundir sede com fome. O melhor é não esperar a sede chegar, pois ela é, em si, um sintoma de que já está faltando água no seu organismo.

2 – É importante que seu intestino funcione bem – não apenas para eliminar toxinas, mas porque a prisão de ventre prejudica a circulação, atrapalhando o retorno do sangue. Para garantir que essa ‘máquina’ trabalhe com eficiência, aumente a quantidade de fibras da dieta, consumindo mais alimentos integrais, frutas com casca, laranja com bagaço, verduras cruas, legumes crus ralados com casca. Unindo o ‘útil ao útil’, as fibras também aumentam a sensação de saciedade – o que vem a calhar num momento em que diminuir a quantidade de comida nas refeições é fundamental -, são energéticas, mantendo o pique diário equilibrado, e ainda ajudam a controlar o colesterol.

3 – Fuja das grandes compensações do tipo comer muito e depois, por culpa, não comer mais nada. Cada vez que o corpo não recebe a quantidade de alimento de que necessita, é como se interpretasse que está num deserto sem comida. Seu instinto de sobrevivência faz com que poupe energia e passe a gastar menos para poder armazenar provisão. É preferível diminuir as quantidades, fracionando as refeições, e comer mais vezes – nunca fazendo intervalos com mais de três horas.

4 – Evite o efeito sanfona, aquele que faz você ganhar e perder peso várias vezes, mesmo que seja uma quantidade pequena. Além de ser um convite às estrias, o engorda-emagrece-engorda faz o corpo adquirir gorduras em locais específicos, que vão ficando cada vez mais difíceis de ser eliminadas.

5 – Restrinja a ingestão de alimentos muito ricos em sódio ou sal, como enlatados, embutidos, frios, queijos fortes, temperos prontos, salgadinhos e alimentos desidratados em pacotinhos, pois eles dificultam a eliminação de líquidos do corpo, retendos-o sob a pele e causando inchaço. Para quem tem celulite, a retenção de líquido piora o quadro sensivelmente.

6 – Coma mais devagar durante as refeições, descanse o talher entre cada garfada, e sirva-se uma única vez de um prato razoável, nem tão pequeno, nem cheio a ponto de lhe dar sensação de fastio. Sinta prazer ao comer, procurando fazer refeições variadas, com um visual que convide em vez de forçar.

7 – Esqueça o manjado grelhado com uma saladinha pálida. Se você quer perder peso com saúde, sua refeição deve conter, em média, 50% de carboidratos, a principal fonte de energia para corpo, e os outros 50% divididos entre proteínas, essenciais para a reconstrução e renovação dos tecidos, vitaminas, sais minerais e gorduras. Dica: quanto mais colorida for a composição, maior a possibilidade de ingerir todos os nutrientes de que seu corpo necessita.

8 – Evite ou limite a ingestão de bebidas alcóolicas. Além das calorias extras e vazias (que não trazem benefício algum para o organismo), elas podem conter açúcar, e portanto mais calorias vazias, que podem facilmente levar ao excesso de peso e acúmulo de gordura no corpo. Se quiser beber, restrinja o brinde para um dia da semana: uma cerverjinha ou 2 taças de vinho seco.

9 – Doces: você adora e está adiando a sua dieta só para não ficar sem os seus quitutes. Em pequena quantidade, um doce sozinho não engorda.

10 – Estratégias para driblar a fome: ter sempre por perto, em casa, na bolsa ou na gaveta do escritório, frutas secas (damasco seco, uva-passa, banana-passa…). Se bater aquela fome no trânsito ou no meio do expediente, essas aliadas são deliciosas e energéticas, e dão sensação de saciedade. Iogurte desnatado na geladeira do escritório é outra boa alternativa.

11 – Para manter o equilíbrio do organismo, é muito importante ingerir diariamente determinadas vitaminas e minerais. Veja os principais e algumas das fontes mais ricas: vitamina C (frutas de cor amarelada como acerola, laranja, melão), beta-caroteno (tomate, cenoura e legumes laranja-avermelhados), vitamina E (grãos, ovos, óleos vegetais, folhas verdes) e os minerais selênio (brócolis, pepino, alho, peixes, carnes), magnésio (frutos do mar, vegetais verdes), manganês (grãos, nozes), zinco (grãos, trigo, germe de trigo, frutos do mar, carnes), cromo (cereais) e cálcio (leite), pois têm a função de varrer os radicais livres do organismo.

12 – Algumas trocas interessantes: azeite e molhos de salada por suco de limão, mostarda e ervas; refrigerantes por chá de frutas ou sucos leves (melão, melancia, abacaxi, maracujá, uva) e muita, muita água; pão francês por pão integral; leite integral por semi desnatado ou desnatado; bolacha cream-cracker por torradinhas integrais; manteiga ou maionese por requeijão light; bolacha recheada por biscoitos de aveia e fibras.

13 – Mesmo que você não seja chegada à onda natureba, procure substituir os produtos industrializados pelos mais naturais, as farinhas comuns pelas integrais, e o açúcar simples por adoçante ou açúcar das frutas. Crie o hábito de ler os rótulos.

14 – Esqueça o emagrecimento a jato. A perda de peso muito rápida prejudica a saúde, podendo trazer complicações, e a anemia é uma delas. Por outro lado, geralmente quem emagrece num estalo recupera tudo e um pouco mais, tornando-se presa fácil do efeito sanfona. Não esqueça: o emagrecimento mais permanente é gradativo.

15 – Aprenda a distinguir a fome verdadeira da vontade de comer. Ao notar que o que está sentindo é fruto de ansiedade ou parte do hábito de beliscar, procure se distrair: ligue para uma amiga, ouça música, leia, dê um passeio. Só não corra para a geladeira. Pense na recompensa que a espera ali na frente: um corpo esbelto, pronto para o Verão 2012!

Priscilla de Arruda Camargo é diretora do Portal Sentir Bem e consultora de qualidade de vida.

 

Similar Articles

Acima