Você está aqui
Home > Qualidade de Vida > Coloque em prática as promessas de “Ano Novo, Vida Nova”

Coloque em prática as promessas de “Ano Novo, Vida Nova”

Fallback Image

É hora de retomar as promessas feitas na virada no ano, entre elas, dieta balanceada, estilo de vida mais saudável, emprego que proporcione melhor qualidade de vida. Não importa seja qual for o objetivo que tenha feito pergunte-se, sou eu quem desejo ou é o que esperam de mim?

Segundo a Dra. Ivani Manzzo – coach para esportes e qualidade de vida (corporativo, obesidade e gestantes) e diretora da Metas & Soluções Sport Life Coaching – para que uma meta seja alcançada é necessário ter consciência. Isso significa entender profundamente o que quer dizer o sentimento de “desejar”.

“Questione: por que é importante para mim a mudança? O que eu ganho? o que eu perco? Pondere, pesquise e aí sim você estará pronto (a) para enfrentar tudo que possa aparecer”, ressalta Ivani.

Para ela, se uma pessoa deseja mudar de emprego para ter uma melhor qualidade de vida, tem que analisar, primeiramente, o que o emprego atual trás de bom e checar se está preparada para mudanças.

“É muito comum que as pessoas desejem deixar de ser empregado e passar a ter o seu próprio negócio. Então, se esse é desejo pergunte-se, por exemplo: estou preparado para não ter mais um salário fixo ao final do mês? Não ter mais o 13º salário? Bônus de ferias? Uma vez que a atitude for tomada, estes pontos não podem pesar contra a nova decisão. Ao mesmo tempo não devemos deixar o lado positivo de cada situação”, diz a especialista.

Dra. Ivani ressalta que alcançar as metas e ter as soluções presentes é fácil se houver uma pesquisa e informações sobre os desejos antes que as decisões sejam tomadas.

“O que muitas veze faz com que os objetivos não sejam alcançados é a falta de planejamento e de informação. Isso não quer dizer que tudo está perdido, mas se soubermos o que significa as mudanças as barreiras desagradáveis não vão desmotivar e nem levar derrota ou desistência”, enfatiza Ivani.

Ivani alerta que esse conceito de pensamento se aplica em praticamente tudo que desejamos: parar de fumar, emagrecer.

“A maioria dos “gordinhos” é engraçado, topa tudo e, muitas vezes, faz isso de forma inconsciente para ser aceito, já que sua forma física não o agrada. Questione: depois que eu emagrecer, meu comportamento vai mudar? Se seu caminho for traçado por metas sociais, familiares que não tenham sintonia com sua essência é muito fácil desistir e “inventar” desculpas que são seus sabotadores. E assim continuar na mesma trilha que já percorria. Quando percebermos mais um ano se passou e mais uma vez você se pegará fazendo promessas e mais promessas que não são suas. Ouse e seja feliz em 2012”, finaliza.

Similar Articles

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Acima