Você está aqui
Home > Relacionamento > Ele já tem filhos, e agora?

Ele já tem filhos, e agora?

Fallback Image

Um novo amor, novas perspectivas, novos planos… Você acaba de conhecer o homem dos seus sonhos. Ele é perfeito e o namoro vai de vento em popa. Mas tem um quesito diferente neste relacionamento: ele já é pai. Aliás, um dos melhores pais do mundo. Aquele plano “filhos no futuro” aparece antes em sua vida. E agora? Como lidar com esta situação?

Cuidar dos filhos do seu parceiro nos finais de semana, por exemplo, pode ser um papel duro de desempenhar ou simplesmente não te agrade nem um pouco. “Em primeiro lugar, temos que acabar com o preconceito com homens com filhos. Todo relacionamento tem problemas e contradições. Os filhos podem ser um problema ou uma solução”, explica a psicóloga Daniela Genari, do Instituto Paulista de Sexualidade.

Se você conheceu um homem que já é pai, converse bastante sobre este assunto com ele antes de ter um compromisso sério. Reflita sobre como você se sente dentro desta relação. Se vocês pularem esta fase, os pimpolhos podem se tornar uma “pedra no sapato”, ao invés de trazer mais alegria e cumplicidade para o casal.

“Hoje em dia, não podemos mais idealizar os casamento aos 20, filhos e uma vida inteira juntos. Vivemos na época do primeiro, segundo, terceiro divórcio… Desta forma, relacionar-se com pessoas que já têm filhos é bem mais comum”, afirma a psicóloga. “O principal medo é a aceitação. A esposa você muda, mas filho é sempre filho. E esta aceitação tem que vir do coração. Eu posso ser uma grande amiga, mas mãe ele só tem uma”, relata a secretária Cecília Jordão. Ela começou a namorar, há cerca de dez anos, um homem que já tinha um filho. Hoje, além do enteado, Cecília teve dois filhos e diz que nunca teve problemas sérios de adaptação.

“Inconscientemente, a mulher acha que, se os filhos do parceiro a tratarem como mãe, ela conseguirá excluir o fantasma da ex-mulher”, completa a psicóloga. Por isso, o melhor a fazer é refletir bastante sobre os prós e contras, mas lembrar-se que o mais importante é o sentimento entre o casal. Sentir-se insegura, julgada e, às vezes, “fora de contexto” (naquele passeio de final de semana, por exemplo), é normal e só você pode contornar estes probleminhas. Confira algumas dicas para lidar melhor com uma situação como essa. Seguindo estes conselhos, ser “mãe postiça” não será um grande problema.

Dicas do que você não deve fazer em uma relação onde o homem já é pai:

1 – Não tente ser uma segunda mãe. Cada tem um tem o seu papel. “A mulher já tem um instinto materno, mas assumir o papel de mãe precipitadamente só vai piorar a situação”, afirma Daniela Genrai, psicóloga e terapeuta sexual do Instituto Paulista de Sexualidade. O melhor a fazer é tentar ser amiga dos filhos dele e deixar que a relação se fortaleça pouco a pouco.

2 – Deixe as broncas e a parte da disciplina para o pai. Será difícil você ser aceita se tomar a posição daquela que dita as regras. Tudo depende do relacionamneto, mas a frase “Vai escovar os dentes, menino!”, não é muito indicada para quem quer se dar bem com os garotos. Deste jeito, você corre o risco de ser a “mulher mala do papai”.

3 – Não se preocupe os filhos reagirem mal no primeiro contato entre vocês. Não é nada pessoal. Com certeza, eles estão chateados com a separação dos pais (aliás, quem filho não ficaria?).

4 – Seja compreensiva quando seu amado tiver que encontrar a ex para discutir algum assunto relacionado às crianças. Tenha em mente que o relacionamento deles já acabou. Quanto mais desconfiança você tiver, mais complicado será solidificar o namoro.

5 – Não mostre favoritismos. Se você também tem filhos, não seja mais dura com os filhos dele (ou vice-versa). Trate todos da mesma maneira.

(Terra)

Similar Articles

Acima
%d blogueiros gostam disto: