Você está aqui
Home > Qualidade de Vida > Curso ajuda a entender e superar a sensação de vazio

Curso ajuda a entender e superar a sensação de vazio

vazio

Promovido pelo Kabbalah Centre, o curso busca identificar os sintomas da solidão e encontrar as respostas para se viver uma vida plena

As pessoas passam umas pelas outras diversas vezes por dia, encontram-se, cumprimentam-se e conversam no trabalho, em casa e em outras atividades do cotidiano. Apesar desse contanto constante com amigos, colegas e conhecidos, é muito comum que sintam uma sensação de vazio por dentro, que poucas vezes é notado em um diálogo superficial. Aparentemente, está tudo bem, mas falta algo de concreto que faça sentido à rotina. Sentir-se completo e realizado é o objetivo de todos, mas por que atingir esse patamar de satisfação pode se tornar tão complicado?

Para a Kabbalah, os pensamentos negativos têm a capacidade de influenciar e desviar o caminho de bem-estar e da tranquilidade, traçado pelas pessoas. Às vezes, é possível que se tenha a ideia de que está tudo bem e que não há nada para melhorar ou consertar, mas isso pode ser inconscientemente uma “desculpa” para evitar a mudança e negar os problemas. O “vazio” nem sempre é notado porque acaba se incorporando ao dia-a-dia e se confunde com a realidade da vida de todos.

Baseado nos ensinamentos do Zohar – livro conhecido como uma “decodificação” da Bíblia – o curso “Superando o Vazio”, promovido pelo Kabbalah Centre, busca identificar os sintomas de solidão e encontrar respostas para atingir a plenitude espiritual, por meio de alguns temas que ajudam o indivíduo a compreender o que acontece ao seu redor, tais como: “Quais são os sintomas de estar ‘vazio’?”, “Como lidar com situações agudas de carências internas?”, “Como não satisfazer-se com pouco e buscar mais na vida?”.

O Kabbalah Centre é organização sem fins lucrativos dedicada a ensinar os fundamentos da Kabbalah, uma filosofia milenar estudada por líderes e visionários como Platão, Isaac Newton, William Shakespeare e Albert Einstein.

Top
%d blogueiros gostam disto: