Você está aqui
Home > Gravidez e Bebê > Conheça o que realmente muda nas mulheres após a gestação

Conheça o que realmente muda nas mulheres após a gestação

Fallback Image

pos-gestacao

A expressão “coração de mãe sempre cabe mais um” é um dito popular verdadeiro e retrata uma realidade para as mulheres que já passaram pela experiência da gestação. Não ocorre somente uma alteração dos níveis de estrogênio e progesterona, como também se observa uma mudança no humor, nos hábitos, nas habilidades e também no grau de importância que certas situações tem na vida .

O cérebro da mulher passa por um crescimento após o parto que modifica comportamentos e aumenta a motivação e assim desenvolve o raciocínio, motivação e emoções. Desta forma, o lado mãe fica mais aflorado, determinante para contribuir no cuidado e desenvolvimento com a criança.

Aquela força de acordar de madrugada sem ter dormido quase nada ou o desejo de cuidar do bebê e tudo aquilo que pensávamos ser instinto maternal pode ser algo ativado mais por uma nova construção cerebral do que por um instinto apenas.

Futuras mães que acreditam que não terão paciência com os filhos, que não terão as mesmas vocações de sua mãe e vovó, irão se surpreender com o aumento do grau de sua inteligência emocional e serenidade em lidar com fatos novos e estressantes. Você irá descobrir qualidades que nunca imaginou ter e a cada anode seu filho você renascerá em descobertas de um amor incondicional e de uma inteligência singular que só quem é mãe é capaz de ter.

Graças a essas habilidades maternas nos seres humanos estamos aqui para contar as histórias e poder propiciar ao mundo novas gerações. Muito se estuda sobre a maternidade e suas mudanças fisiológicas, claro que você sabe que o corpo passará por transformações durante a gestação, suas horas de sono serão influenciadas pelas horas de sono de seu filho, seu tempo livre será dedicado quase que exclusivamente à prole, mas no final você irá sentir uma felicidade como nunca sentida antes e somente poresta razão você irá abstrair de todo o estresse que a maternidade pode acarretar.

“Eu quero uma mulher que seja diferentede todas que eu já tive de todas tão iguais, que seja minha amiga, amante e confidente, a cúmplice de tudo que eu fizer a mais”. Na letra da música belíssima de Juca Chaves podemos perceber a importância da mulher e seu grau de expectativa que nós homens temos em relação à mulher, ela deve ser mãe, amiga, amante, confidente, linda e com pele de pêssego, de dia uma menina e a noite uma mulher. Viu quanta coisa uma mulher tem que ser além de mãe e ter um lar feliz e completo para seu filho? São muitos os desafios e as necessidades impostas na sociedade ainda tão machista mesmo com todos os avanços.

O Dr. Davi Vidigal é palestrante e médico psiquiatra CRM/SC 5876 e o propósito de sua carreira foi à busca pela resposta que todos procuramos: ONDE ESTÁ A FELICIDADE?

Similar Articles

Acima