Você está aqui
Home > Saúde > Pesquisa de Harvard aponta eficácia da acupuntura

Pesquisa de Harvard aponta eficácia da acupuntura

Fallback Image

acupuntura

Novembro de 2013 – Uma nova pesquisa científica divulgada recentemente demonstrou que a acupuntura é eficaz para o tratamento da TPM (tensão pré-menstrual), ansiedade e depressão. Pesquisadores da Harvard Medical School (Boston, Massachusetts) e da Advanced Integrative Rehabilitation and Pain Center (Washington, DC) concluíram que “existem evidências de alto nível para apoiar o uso da acupuntura no tratamento de transtorno depressivo durante a gravidez.”

Em um estudo paralelo, pesquisadores da Beijing University of Chinese Medicine, na China, concluíram que o método da medicina tradicional chinesa é eficaz também no tratamento da TPM (tensão pré-menstrual).

No primeiro estudo, os pesquisadores observaram que tanto a ansiedade e a depressão são altamente prevalentes na sociedade – em especial conhecidos como um dos males do século 21. Eles observaram que tanto a ansiedade e a depressão são difíceis de tratar e têm altas taxas de recaída e efeitos colaterais quando tratados com medicamentos. As evidências constatadas pela pesquisa sugerem que a acupuntura pode ser uma modalidade de tratamento eficaz, natural e sem efeitos colaterais. As conclusões foram tiradas com base em ensaios clínicos randomizados e todos os estudos mostraram que os benefícios do método chinês para a ansiedade e depressão foram significativos.

Já na segunda pesquisa, que avaliou a relação da acupuntura com o alívio dos sintomas da TPM, constatou-se que os grupos de acupuntura tiveram melhores efeitos terapêuticos do que os grupos de controle.

ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO COMPLEMENTAR

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Acupuntura do Rio de Janeiro (ABA-RJ), Dr. Márcio De Luna, “estes resultados são consistentes com outras pesquisas recentes que demonstram que a acupuntura é eficaz para o tratamento da depressão como complemento ao tratamento medicamentoso”.

Um estudo recente concluiu que a acupuntura aumenta o resultado dos antidepressivos quando a substância paroxetina é usada. A acupuntura tem acelerado as respostas clínicas junto a essa classe de drogas – conhecida como inibidores seletivos da recaptação da serotonina – no tratamento do transtorno depressivo maior.

Em outra investigação, os pesquisadores chegaram à conclusão de que a acupuntura melhorou a qualidade de vida de pacientes deprimidos submetidos a tratamento concomitante com paroxetina. Estudos semelhantes foram publicados por pesquisadores da Universidade do Arizona, em Tucson (EUA). Eles concluíram que “acupuntura pode proporcionar alívio significativo dos sintomas da depressão com taxas de resultados comparáveis ​​às da psicoterapia ou da farmacoterapia”.

Similar Articles

Acima