Você está aqui
Home > Atividade Fisica > Atividade Física pode ser grande aliada da saúde da coluna

Atividade Física pode ser grande aliada da saúde da coluna

atividade-fisica

Ortopedista explica por que fazer exercícios físicos é importante para evitar dores nas costas; OMS estima que cerca de 80% das pessoas já tiveram ou terão o problema ao longo da vida.

O sedentarismo pode ser um grande vilão da coluna. Longas horas na frente do computador ou teclando no celular, sem fazer nenhum tipo de atividade física, podem favorecer o aparecimento de problemas na coluna. “O sedentarismo interfere no metabolismo do disco intervebral, que precisa de movimento para manter o equilíbrio vital das células”, afirma o ortopedista Wilson Dratcu.
A prática de atividade física é altamente recomendada pelos médicos para evitar problemas na região. “Atividade física faz bem para a coluna, desde que seja equilibrada. Exercícios que imponham carga extrema ou movimentos de amplitude excessiva podem ser lesivos”, explica o especialista. Na hora de escolher a melhor atividade é importante que o médico verifique a necessidade de cada paciente, considerando a idade, massa corpórea, presença de patologias, entre outras variáveis.
Além disso, antes de iniciar os exercícios é recomendado que o praticante de atividades físicas faça uma avaliação postural completa. “Não é uma rotina nos consultórios, mas deveria ser”, afirma Dratcu.
Uma vez instalado o problema, o diagnóstico e o tratamento podem ser complicados por vários fatores: problemas abdominais e até dores ginecológicas podem provocar dores na região, a ansiedade e expectativa do paciente podem dificultar o tratamento e exigir afastamento de trabalho e repouso, algumas vezes, por períodos longos. “Além disso, nem todos os pacientes podem tomar qualquer medicamento”, explica Dratcu.
Segundo o especialista, homens e mulheres podem apresentar problemas diferentes. “No caso dos homens, é mais comum que eles exercitem atividades braçais e desenvolvam problemas como hérnia de disco; já as mulheres, por sua maior longevidade e pelos esforços feitos nas atividades domésticas, podem desenvolver dores relacionadas ao envelhecimento, como a osteoporose”.
Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna
Em casos de indicação cirúrgica o paciente tem a possibilidade de um procedimento inovador, a Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna. Tratamentos mais modernos que usam novas tecnologias, com pequenos cortes e visam diminuir os riscos e complicações cirúrgicas, focando sua ação na zona doente, que é a fonte da dor.
Dr. Wilson Dratcu – Presidente do IV COMINCO – É médico ortopedista, Presidente do Cominco, Vice-presidente da ABCMIC (Assoc. Brasileira para o Desenv. da Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna) e Diretor do BRAMISS.

Similar Articles

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Acima