Você está aqui
Home > Relacionamento > Guia do primeiro encontro: como passar boa primeira impressão

Guia do primeiro encontro: como passar boa primeira impressão

boa-impressão-primeiro-encontro

O primeiro encontro é uma ocasião que deixa todo mundo nervoso, isso é um fato. As borboletas no estomago de repente se tornam bem mais agressivas, o suor nas mãos fica incontrolável e a mente começa a imaginar mil e uma coisas que podem dar errado. Seu nervosismo é tanto que você sabe que pode acabar falando um monte de besteiras e comentando algumas gafes que em seu estado normal nunca aconteceriam.

Isso é comum, na verdade. Pois o primeiro encontro é a fase decisiva para um relacionamento ir em frente ou acabar ali mesmo. Raras são as exceções de pessoas que resolveram dar uma nova chance mesmo havendo um encontro ruim e engataram em um ótimo relacionamento.

Isso porque, embora eu particularmente não acredite que seja a primeira impressão é a que fica, acredito que é ela que determina se você vai continuar vendo aquela pessoa ou se você vai desistir naquele momento. Mas, embora haja toda essa responsabilidade em cima do primeiro encontro, você não precisa ficar estressada e ansiosa com isso a ponto de ficar com os nervos a flor da pele.

Para te ajudar nesse momento um tanto dificil, eu resolvi selecionar as melhores dicas para você causar uma boa primeira impressão. Claro que só essas dicas não serão suficientes para fazer desse primeiro encontro o degrau inicial para o caminho do altar, mas elas servem para deixar esse primeiro momento mais leve, descontraído e te tornar no melhor que você pode ser! Vamos lá?

https://www.christiancrush.com/relationships/couples-retreat-denver-co-colorado-springs-co.html

Não se esforce demais para ser boa

Muitas vezes no primeiro encontro as pessoas resolvem se esforçar muito para mostrar uma imagem que normalmente elas não têm em seu dia a dia. É claro que queremos falar o melhor sobre nós e mostrar que somos boas, mas o exagero pode ser um grande problema, pois além de correr o risco de você monopolizar a conversa para si, corre o risco também de soar falso e exagerado as informações que estão sendo ditas. Um exemplo:

Porque eu sou uma mulher forte e determinada, sabe? Eu corro muito atrás dos meus sonhos e luto pelo que acredito, e não desisto fácil nunca! Mas também sei ser atenciosa, amorosa, gentil e dedicada. Poucas mulheres são assim, eu sei, mas foi assim que eu nasci, né?

Se auto-elogiar é como dar um tiro no próprio pé. Se você é de fato aquilo que quer dizer, você não precisa abrir sua boca para isso, pois ele vai perceber ao longo das conversas caracteristicas soltas de você e fazer a sua imagem. Mas quando você se auto elogia, ou diz coisas que tem essa finalidade, dá a ideia de que você precisa se reafirmar para dizer que é boa, que é impossível do seu acompanhante perceber isso sozinho. Ou seja, o tiro sai pela culatra e ele tem a impressão contrária do desejado.

boa-impressão-primeiro-encontro

Não seja muito tímida

A ideia aqui é tentar encontrar um equilíbrio. Você não deve falar muito de si – principalmente acerca de qualidades que você acreditar ter. Mas ao mesmo tempo não seja tímida o bastante para passar 80% do tempo com a boca fechada e só dizendo coisas como “entendi”, “claro”, “sim”. Fale um pouco de si, das coisas que você gosta de fazer, do seu trabalho, conte uma história engraçada (sem forçar que é engraçado e sem ser nada constrangedor). Não seja tímida demais.

Se vista de acordo com o local

Sabemos que é errado julgar pelas aparências pelo motivo simples: ela engana. Todo mundo que já viu o filme “O amor é cego” sabe do que estou falando. Porém, a verdade é que todo mundo julga, pelo menos inicialmente, a pessoa pela sua aparência. Nem sempre quer dizer se a pessoa é bonita, feia, tem o dente da frente torto ou testa grande demais. Muitas vezes o julgar pela aparência está no simples fato de se vestir.

E aqui temos dois conflitos: O primeiro é que você não deve ir desarrumado, pois o primeiro encontro é o momento para passar a melhor impressão possível. Além disso, ele é animador e único e você tem que passar essa imagem: mostre a pessoa que você está dando seu melhor, se vista bem (isso não significa ter que gastar seu salário para comprar o look perfeito, ok?) e se arrume da melhor forma. Isso vai mostrar que você está se importando com aquele encontro, que dedicou um tempo a mais para isso.

O outro lado da moeda, é o equilíbrio. Você não deve ir desarrumada, mas também não vá arrumada demais de forma que você pareça deslocada ou chamando muito a atenção – de maneira negativa. Se vista de acordo com o lugar, se é um restaurante chique você sabe que uma roupa mais elegante é a melhor aposta, porém se vocês vão tomar um café em uma lanchonete próxima, um look casual é perfeito junto com uma maquiagem básica – caso você use!

boa-impressão-primeiro-encontro-conversa
Foto: christiancrush.com

 

Cuide da sua linguagem corporal no primeiro encontro

Ainda falando sobre as aparências, não é só o exterior superficial que conta para causar uma boa impressão no primeiro encontro. O lado interno influência no seu exterior também. Ou seja, sua postura, a linguagem corporal, fala muito sobre você. Por exemplo:

  • Ombros encurvados: quando você fica com uma má postura e demonstra estar desconfortável com a situação ou com a pessoa. Dá a impressão que você quer se esconder e sair dali logo.
  • Braços cruzados: essa é clássica para quem está chateado ou não está sendo muito receptivo com a outra pessoa ou a conversa do momento. Demonstra desinteresse na conversa.

Claro que essas duas posturas são muito assumidas por quem é tímido. Mas lembre-se esse é o momento de você se soltar o máximo que puder. Claro que não precisa se forçar a ser caloroso e extrovertido, afinal o melhor segredo para causar uma boa impressão no primeiro encontro é ser você mesmo. Porém, quando você assume essas posturas, você dá a entender que o problema está com o outro e ele que está te deixando mal na situação!

Para isso, aposte nessas seguintes posturas durante uma conversa:

  • Faça contato visual constantemente e evite “dançar” com os olhos pelo ambiente;
  • Deixe um espaço agradável de distância entre vocês, se estão sentados em uma mesa, coloque sua mão sobre ela se forma que fique mais próxima do outro;
  • Arrume sua postura, evite se encurvar, cruzar os braços sobre a barriga ou apoiar sua cabeça na mão.

A conversa do primeiro encontro

A primeira conversa é ainda mais decisiva que todos os fatores acima. A aparência, embora importante em um primeiro momento, se torna trivial no momento da conversa no primeiro encontro. Isso porque todo mundo sabe que mais importante do que a pessoa ser bonito e bem arrumado, é ela ser interessante, legal, divertida. A aparência importa apenas nos primeiros minutos, e olhe lá!

Por isso a primeira conversa é o momento em que deixa as pessoas mai tensas, pois todo mundo quer passar uma boa primeira impressão. Porém, o nervosismo, de fato, atrapalha tudo. Então essa é a primeira dica: controle o nervosismo. Quando ficamos nervosas acabamos falando muito, e falando coisas sem sentido em grande parte ou que são desnecessárias.

boa-impressão-primeiro-encontro-jantar

Assuntos para evitar no primeiro encontro

Existem também aqueles assuntos que são como campos minados, que são perigosos demais para serem mencionados, pelo menos em um primeiro encontro, eles são:

  • Falar do seu ex;
  • Perguntar sobre a ex da outra pessoa ou sobre seus antigos relacionamentos e o motivo dos términos;
  • Reclamações da sua semana/vida;
  • Comparações;
  • Imaginar o futuro com a pessoa;
  • Discussões políticas;
  • Dinheiro e trabalho.

Alguns desses assuntos são estritamente proibidos, como falar do ex ou perguntar do ex para a pessoa, deixa o clima tenso, pode trazer más lembranças e pior de tudo: dá a ideia de que você não seguiu adiante.  Então corte o ex da sua lista de assuntos para agora!

Outra coisa que ninguém gosta é de ouvir reclamações. Tudo bem se sua semana foi cansativa e cheia de episódios de azar, porém evite ficar reclamando, justamente no primeiro encontro – e nos que se seguirão também.

Evitar fazer comparações, especialmente algumas que podem dar a entender defeitos da pessoa também é um tiro no pé. Existem pessoas que não se importam tanto com isso, porém existem aquelas que simplesmente odeiam ser comparadas! Melhor não apostar na sorte, certo?

Se o encontro estiver indo bem e você estiver gostando da companhia, tome cuidado para não falar do futuro com a pessoa. Se você já imaginou os dois fazendo uma viagem romântica, ou ele conhecendo alguém de sua família… não comente nada nesse momento inicial. É apenas o primeiro encontro, tem muita coisa para acontecer e conhecer, então evite assustar a outra pessoa.

Por último, evite falar demais do seu trabalho ou sobre dinheiro – especialmente preocupações com questões financeiras – e principalmente evite discussões politicas, é muito importante entendermos a posição social de uma pessoa diante de determinados assuntos, porém esses temas em um primeiro encontro podem ser bem cansativos!

boa-impressão-primeiro-encontro-conversa (2)
Foto: christiancrush.com

Sobre o que conversar no primeiro encontro

Você deve estar se perguntando agora sobre o que falar no primeiro encontro. A verdade é que muitas pessoas simplesmente têm um “branco” na mente na hora de puxar assunto. Você não precisa seguir um roteiro ou algo parecido, mas pode ter na ponta da língua alguns temas para iniciar a conversa ou então para quebrar o gelo nos momentos de silêncio em que segundos duram uma eternidade.

Sobre o que você pode falar:

  • Hobbies: o que você e a pessoa gostam de fazer no momento livre. Aproveite esse momento para ver se há afinidades. Mas caso vocês sejam opostos não assuma uma postura defensiva, curta o momento.
  • Gosto para música, filmes, se a pessoa gosta de ler, de ir ao teatro, gosta de festa, shows. Esse assunto deixa o clima muito descontraído, pode apostar também em contar uma história engraçada sobre algo relacionado a um show em que você foi, por exemplo.
  • Viagens: pergunte a pessoa se ela gosta de viajar, ela é mais do estilo aventureira ou prefere lugares mais tranquilos, qual foi a viagem preferida, qual é a viagem dos sonhos. O assunto acaba rendendo bastante.
  • Sonhos: é muito bom poder falar daquilo que nós gostamos, e nada melhor para esse tema do que falar do que esperamos do futuro, né? Fale e pergunte sobre os seus sonhos e os da pessoa. Inclua aqui as realizações profissionais que você deseja alcançar. Cuidado apenas para não deixar o tema pesado, mas fale sobre leveza.
  • Elogie: mostre que você está gostando do momento, pode elogiar a pessoa, seja sua personalidade, algo que ela diz que gosta de fazer, seja o ambiente, o local onde estão, o que estão comendo/bebendo.

Com essas dicas com certeza o seu primeiro encontro vai ser um sucesso. Então, não precisa mais ficar nervosa sem saber o que fazer, como agir, o que falar. Não precisa também seguir essas dicas como um mantra, mas seja leve e você mesma!

 

Alexia Macêdo
Blogueira no Flores no Outono, tenho 18 anos, estou no terceiro período da faculdade de Ciências Sociais e trabalho como redatora.
http://flornooutono.blogspot.com.br/
Top
%d blogueiros gostam disto: